QGEP – QGEP PARTICIPAÇÕES S.A.

QGEP3.bmp

BMFBovespa: QGEP3

A Queiroz Galvão Exploração e Produção (“Queiroz Galvão”, “QGEP” ou “Companhia”) é a maior empresa de controle privado brasileiro no setor de Exploração e Produção (“E&P”), em termos de produção diária em barris equivalentes de petróleo (“boe”) no Brasil, segundo dados da ANP, e a única empresa de controle privado brasileiro no setor de E&P qualificada pela ANP nas duas últimas rodadas de licitação, em 2007 e 2008, para atuar como Operador A em Águas Profundas e Ultraprofundas. A Companhia possui um diversificado portfolio de ativos de alta qualidade e potencial de exploração e produção composto por direitos de concessão sobre cinco blocos exploratórios distribuídos na costa brasileira, incluindo os reservatórios no pré-sal, localizados nas Bacias de Santos, Jequitinhonha e Camamu, cobrindo uma superfície total de 2.724 km². Adicionalmente, possui 45% de participação na concessão do Campo de Manati, localizado na Bacia de Camamu, que é o maior campo de gás natural não-associado em produção no Brasil de acordo com dados da ANP de novembro de 2010, o qual se encontra em operação desde 2007 e cuja capacidade de produção é de aproximadamente 50,3 mil boe por dia.

O portfolio atual de E&P é composto por ativos que a Companhia acredita ser de alta qualidade, balanceado e diversificado, e está direcionado para um significativo crescimento de curto prazo, sendo que dois dos cinco blocos (BM-J-2 na Bacia de Jequitinhonha e BM-S-12 e na Bacia de Santos) encontram-se em estágio avançado de avaliação (ready to drill). Além disso, em razão da produção de gás natural no Campo de Manati, a QGEP possui uma posição financeira privilegiada, com geração de um fluxo de caixa robusto, além de ter um baixo nível de alavancagem, viabilizando investimentos nos blocos exploratórios da Companhia. A QGEP apresenta um forte histórico de taxa de sucesso geológico, sendo que seus recursos prospectivos riscados consideram uma probabilidade média ponderada pelo volume de sucesso geológico de 33%, obtido através da análise dos números constantes do Relatório da GCA, embora a taxa histórica de sucesso geológico, calculada pela média do número de acertos dividido pelo número de poços exploratórios pioneiros, tenha atingindo aproximadamente 41%.

A Companhia possui como parte de seus ativos, reservas totais 3P de 73,3 milhões de boe, recursos contingentes 3C de 42,4 milhões de boe, recursos prospectivos não riscados estimados em 849,5 milhões de boe e recursos prospectivos riscados médios estimados em 275,4 milhões de boe.

RI: ri@qgep.com.br

Site: http://www.qgep.com.br/ri

QGEP3_Ind.bmp QGEP3_Ativos.bmp QGEP3_CAPEX.bmp QGEP3_Result.bmp QGEP3_Custos.bmp QGEP3_DRE.bmp