CSRN – CIA ENERGETICA DO RIO GDE NORTE – COSERN

BMFBovespa: CSRN3; CSRN5; CSRN6

A COSERN é uma Companhia distribuidora de energia elétrica, com atuação no Estado do Rio Grande do Norte, que atende 167 municípios. Sua área de concessão engloba 52.797 Km², o que corresponde a 100% do território do Estado, outorgada pelo Decreto de 30 de dezembro de 1997 e regulada pelo Contrato de Concessão de Distribuição nº.08, firmado em 31 de dezembro de 1997 com vigência até 31 de dezembro de 2027.

A COSERN foi constituída em 14 de dezembro de 1961. Em 12 de dezembro de 1997, a Emissora foi privatizada, por meio do leilão realizado na Bolsa de Valores do Rio de Janeiro, no qual o consórcio formado pela Coelba, Neoenergia (a época denominada Guaraniana) e UPTICK Participações adquiriu 77,92%. Atualmente, a COSERN possui a seguinte composição acionária: Neoenergia S.A. (84,45%); Iberener (7,01%); Uptick Participações S.A.(5,82%); Previ (1,54%).

Em março de 2010, a COSERN recebeu o grau de investimento em escala global da agência de classificação de risco Standard & Poor´s, com rating BBB– na Escala Global e brAAA na Escala Nacional Brasil.

A distinção é uma forma de reconhecimento que a Standard & Poor´s fez ao Grupo pelo seu histórico de consciência na melhoria da administração financeira e operacional, pelo crescimento do mercado em sua área de concessão e por sua adequada estratégia de investimentos.

O grau de investimento representa, para o Grupo, menores custos de captação, o que fortalece o seu potencial de crescimento.

Conforme previsto no Contrato de Concessão da COSERN, A ANEEL, através da Resolução Homologatória nº. 1.139, de 19 de abril de 2011, publicada no diário oficial da união de 20 de abril de 2011, fixou em 12,40% o índice médio de reajuste tarifário para a Companhia, sendo 7,32% relativos ao reajuste tarifário anual e 5,08% aos componentes financeiros.

O efeito médio total a ser percebido pelos consumidores cativos é de 9,86% sendo 9,70% para os atendidos em baixa tensão (residências e outros) e 10,27% para os de alta tensão (indústrias e comércio de médio e grande porte), com vigência até 21/04/2012.