CIEL – CIELO S.A.

CIEL3

Bovespa: CIEL3 | OTC: CIOXY

A Cielo S.A. é a empresa líder em soluções de meios eletrônicos de pagamentos no Brasil. Responsável pelo credenciamento de estabelecimentos comerciais, por captura, transmissão, processamento e liquidação financeira das transações realizadas com cartões de crédito e débito, a Cielo captura as transações das cinco maiores bandeiras de cartões do mundo: Visa, MasterCard®, American Express® e Diners Club International, além da JCB (Japan Credit Bureau), a quinta maior bandeira internacional de cartões de pagamentos. A Elo, única bandeira 100% nacional, também é capturada pela máquina da Cielo.

Em 2010, a companhia fechou parceria com as bandeiras regionais Aura, Sorocred, Policard e Good Card, além de uma aliança com a Dotz, uma das principais empresas de programas de fidelização no modelo de coalizão da América Latina. Em 2011, a Cielo anunciou parceria com a Cred-System, emissora de cartões de crédito da bandeira Mais!, e com o Banestes, Banco do Espírito Santo, emissor do Banescard. No segmento de cartões de benefícios, além de Visa Vale, Ticket® e Sodexo, a Cielo reforçou seu posicionamento ao firmar parcerias com Bônus CBA, Cabal Vale, Verocheque e, mais recentemente, Sapore Benefícios.

A alta tecnologia aplicada em sua rede permite que a Cielo opere com um índice de disponibilidade de 99,995% ao longo do ano e 100% de disponibilidade nas principais datas do varejo. A empresa ainda possui o mais moderno parque brasileiro de equipamentos (com média de 1,7 ano) e mais de um milhão de estabelecimentos ativos (considerados aqueles que efetuaram transações nos terminais da Cielo nos últimos 60 dias), cobrindo 99% do território nacional.

A Cielo registrou faturamento de R$ 262 bilhões em 2010. Em 2011, foi eleita, pela sexta vez consecutiva, a campeã da premiação Valor 1000 no segmento de serviços especializados, concedida pelo jornal Valor Econômico.

RI:  ri@cielo.com.br

Site:  http://www.cielo.com.br/ri/

* Contribuição do Amigo Soulsurfer:

“CIEL3 – Margens Excepcionais, lucros crescentes, empresa muito boa. Entretanto, você vai pagar o que ela vale, ou seja, múltiplos PL e P/VP altos. É uma empresa que pode sofrer concorrência. Assim, se você acha que a empresa pode continuar crescendo muito nos próximos anos, vale. Se acha que o crescimento vai estabilizar, aplicando uma análise como fluxo de caixa descontado talvez seja um ativo sobreavaliado;”

* Contribuição do Amigo Caio:

“CIEL3 – Com o andamento da questão de pagamentos eletrônicos por celular, pode vir a sofrer impacto pois é mais fácil as pessoas terem celular do que ter cartão de crédito. A regularização do pagto está andando e em breve poderemos ter as operadoras recebendo dindin para intermediar as compras. A CIELO é uma ótima empresa, mas se não ficar esperta com esta questão do pagto por celular, pode ficar pra trás.”

* Contribuição do amigo PauloAlf:

“Ursso,

os comentários do pessoal foram muito bons. Sobre a CIEL3, me permita discordar dos amigos. Tudo que se esta falando eh fruto de especulação e deve ser evitada para analise das acoes. Primeiramente pq a CIEL3 esta se preparando para os pagamentos por celular, inclusive comprou uma empresa recentemente com esse intuito. Segundo que qualquer uma dessas questões eh tentar prever o futuro e isso, não temos como fazer. Nenhuma empresa vai surgir aqui da noite pro dia, com um pagamento legalzinho por celular e vai quebrar as outras, muito pelo contrario. Bancos já tentaram criar empresas de cartões (BB e Unibanco), outras empresas ja tentaram entrar no mercado e nada deu ruido na Cielo. Eh muito mais provável que as empresas tradicionais no mercado se aproveitem dessa nova modalidade para crescer.

A CIEL3 ja passou por momentos mais turbulentos como a quebra do monopólio das bandeiras (Visa da Visanet – atual Cielo e Mastercard da Redecard). Na verdade isto ate as beneficiou. A Redecard sempre foi uma concorrente muito forte e acabou absorvida pelo Itau, sendo que as 2 crescem juntas.

A administração da Cielo vem entregando resultados fenomenais. O risco maior que eu vejo eh intervenção governamental na tentativa de reduzir a inflação tentando mexer nas taxas cobradas pelas empresas de cartões. No entanto, o governo pode impactar e interferir em qualquer empresa/setor. Dessa forma, quem esta preocupado com isso não deve investir em acoes ou FII, vai de poupança/renda fixa e seja feliz 😀

Não quero mudar sua opinião de forma alguma, só quis passar uma visão diferente. Faca suas analises, entra no site das empresas e veja as infos na seção do RI, analise os balancos e se atente principalmente para resultados sustentados de margem, lucro, divida e veja se ve oportunidade para a empresa crescer e continuar entregando resultado.

Abcs!

PauloAlf”