CMIG – CIA ENERGETICA DE MINAS GERAIS – CEMIG

CMIG4

BMFBovespa: CMIG3 ; CMIG4

A Cemig atua nas áreas de geração, transmissão e distribuição de energia elétrica e soluções energéticas.
O Grupo Cemig é constituído por 62 empresas e 10 consórcios.
É controlado por uma holding, com ativos e negócios em vários estados do Brasil. Possui, também, investimentos em distribuição de gás natural, transmissão de dados e está construindo uma linha de transmissão de energia elétrica no Chile.

Na área de distribuição de energia elétrica, a Cemig é responsável por aproximadamente 12% do mercado nacional.
Atualmente, a Companhia é um dos maiores grupos empresariais do setor energético brasileiro.

O Grupo Cemig atua em Minas Gerais e em mais 18 estados brasileiros e no Distrito Federal, além do Chile.

Em 2006, a Empresa adquiriu cerca de 25% da Light, distribuidora de energia que atende à capital Rio de Janeiro e outros municípios fluminenses. Tem, ainda, participação acionária na TBE – Transmissora Brasileira de Energia, que possui e opera linhas de transmissão no Norte e Sul do País.

A Cemig é uma empresa mista de capital aberto, controlado pelo Governo de Minas. As ações da Empresa estão listadas no Bovespa, Nova Iorque e Madri (Latibex). Nos últimos quatro anos, o valor de mercado da Cemig passou de R$ 4 bilhões para R$ 20 bilhões.

A Cemig é responsável pelo atendimento a cerca de 18 milhões de pessoas em 774 municípios de Minas Gerais e pela gestão da maior rede de distribuição de energia elétrica da América do Sul, com mais de 400 mil km de extensão.

A Cemig é uma das maiores geradoras do País. O parque gerador da Empresa é formado por mais de 64 usinas hidrelétricas, térmicas e eólicas.

RI: ri@cemig.com.br

Site: http://cemig.infoinvest.com.br/

Anúncios

164 comentários sobre “CMIG – CIA ENERGETICA DE MINAS GERAIS – CEMIG

  1. Cemig tem crescimento de 159,7% no lucro do 3T16

    A Cemig teve um bom resultado no trimestre (lucro líquido de R$ 433,4 milhões, contra R$ 166,9 milhões no 3T15, um crescimento de 159,7%). As receitas cresceram 2,3%, mas houve substancial redução de despesas operacionais, o que possibilitou expansão de 238,1% no resultado da atividade, com ganho de margem de 13,6 p.p.. O resultado financeiro líquido negativo cresceu 50,2%, compensando parte dos ganhos operacionais.

    Curtir

  2. A Cemig estuda medidas administrativas e/ou judiciais contra recomendação da Aneel para que o Ministério das Minas e Energia não renove a concessão da hidrelétrica de Miranda. A Cemig havia protocolado, em 10 de junho, o requerimento na Aneel visando a prorrogação, por 20 anos, do prazo da concessão da usina. O contrato da usina termina em 23 de dezembro deste ano e a elétrica pleiteava sua prorrogação nos mesmos termos em vigor, sem redução de receitas. A Aneel, no entanto, negou o pedido e argumentou que a renovação da concessão só poderia ser feita de acordo com a lei atual, que tem origem na polêmica Medida Provisória 579/2012. A Fitch Ratings rebaixou os ratings da estatal mineira para ‘A(bra)’, de ‘AA-(bra)’. Conforme a agência de avaliação de risco, o rebaixamento reflete a expectativa de enfraquecimento do perfil de crédito consolidado da estatal mineira nos próximos anos, por causa de uma menor geração operacional de caixa no segmento de geração, de um menor consumo de energia na área de concessão da Cemig D e da continuidade do crescimento da dívida.

    Curtir

    • Cemig (CMIG4) / Light (LIGT3): A Cemig informou que não considera a possibilidade de sair do bloco de controle da Light. A empresa afirma que seus sócios no bloco de controle da Light detêm uma opção de venda. “E atualmente estamos estudando diversas alternativas de parcerias para substituição desses sócios”, afirma.

      Curtir

  3. Moody’s corta ratings de Cemig e Copasa

    A agência de classificação de riscos Moody’s rebaixou os ratings de crédito em moeda estrangeira da Cemig e da Copasa de “Ba3” para “B1”, refletindo o rebaixamento da nota do Estado de Minas Gerais também de “Ba3” para “B1”. A perspectiva das notas é negativa, assim como a do governo mineiro, devido à deterioração acelerada da posição fiscal do Estado.

    Curtir

    • Cemig (CMIG4): A cia deu o pontapé inicial no seu plano de reestruturação de seu portfólio e contratou bancos de investimento para ajudá-la na venda de ativos considerados “não essenciais”, como seu negócio de distribuição de gás e pequenas centrais hidrelétricas (PCHs). A estatal mineira contratou o Itaú BBA para preparar a venda da Companhia de Gás de Minas Gerais (Gasmig), de acordo com uma fonte com conhecimento do assunto. Já o Banco do Brasil foi contratado para coordenar a venda de algumas de suas PCHs. O presidente da Cemig já havia sinalizado, no final de maio, que a companhia estava em fase avançada de reavaliação do portfólio de ativos, visando possíveis desinvestimentos. A venda dos ativos é uma das estratégias da estatal mineira para melhorar seu endividamento.

      Curtir

  4. Tetzner.

    É sabido que os rubros penalizaram as elétricas. É sabido também que ainda há poder rubro na CEMIG.

    Mas isso terá que mudar, e acho que paulatinamente ocorrerá.

    Assim minha pergunta é : será que vale a pena o momento para uma entrada estratégica na empresa agora, tão penalizada pelo mercado (que costuma exagerar) no intuito de um swing?

    Abraços!

    Curtir

  5. Tetzner,

    As elétricas foram massacradas pelos vermelhos, e a Cemig ainda está sob a tutela rubra em MG.

    Mas claro, imagino que isso há de mudar, e eletricidade sempre será importante.

    A pergunta é : aproveitando-se uma penalizacao desproporcional imposta pelo mercado neste momento, parece-lhe um bom momento de entrada para um swing?

    Curtir

Não postar Links, nem referências à sites Externos, Emails, Telefones.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s