MRVE – MRV ENGENHARIA E PARTICIPACOES S.A.

MRVE3.bmp

BMFBovespa: MRVE3

A MRV Engenharia e Participações S.A. (“MRV” ou “Companhia”) acredita ser a maior incorporadora e construtora brasileira no segmento de empreendimentos residenciais populares em número de unidades incorporadas e cidades atendidas. A Companhia possui 33 anos de atuação com foco nas classes populares. A larga experiência e estrutura operacional da Companhia lhe permitem combinar uma atuação voltada para o segmento de empreendimentos residenciais econômicos com a obtenção de altas margens.

A linha de produtos da MRV é padronizada. Em todas as cidades onde atua, a Companhia foca primordialmente no programa habitacional Minha Casa Minha Vida com preço médio de venda de R$ 117 mil. Acredita-se que com esse modelo a MRV obtém escala industrial de produção, o que lhe proporciona elevado grau de especialização de processos, baixo custo de produção e qualidade diferenciada no segmento em que atua.

A MRV acredita possuir uma diversificação geográfica única no setor imobiliário brasileiro. A Companhia atua em 113 cidades em 18 estados (Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Paraná, São Paulo, Rio de Janeiro, Minas Gerais, Espírito Santo, Goiás, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Alagoas, Bahia, Ceará, Maranhão, Paraíba, Pernambuco, Rio Grande do Norte, Sergipe) e no Distrito Federal.

Por isso a Companhia acredita ter conhecimento detalhado das características de cada mercado, o que aumenta sua capacidade de crescimento (pela dispersão de demanda), reduz o risco da MRV ser prejudicada por mudanças de legislação em um município específico e representa uma importante barreira de entrada para os demais eventuais competidores. Além do mais, o aprendizado e a capacidade de já haver construído nesta malha de cidades mostram sua capacidade de escolher e adicionar novas cidades ao seu mercado de atuação.

A Companhia acredita que o segmento de mercado em que ela atua é o mais beneficiado pelo aumento da disponibilidade de crédito para o setor imobiliário, pela redução da taxa de juros e pela melhora nas condições macroeconômicas do país. O total de empréstimos para o setor no âmbito do SFH tem crescido nos últimos anos, e a expectativa da MRV é que esses volumes continuem em trajetória ascendente. Além disso, a MRV é uma das empresas brasileiras com maior histórico e experiência no acesso aos programas de financiamento especiais da CEF, o que lhe possibilita oferecer aos seus clientes condições de financiamento vantajosas, ao mesmo tempo em que reduz sua necessidade de capital no desenvolvimento de seus projetos.

O aumento do volume e a melhora nas condições de crédito impacta positivamente as atividades da Companhia de diferentes maneiras, dentre as quais destacam-se: (i) contribui para a expansão da demanda, uma vez que a queda no custo dos empréstimos e o alongamento nos prazos de pagamento implicam redução no valor das prestações mensais; e (ii) reduz a alocação de capital próprio na atividade de incorporação, aumentando, assim, a sua capacidade de crescimento.

RI: ri@mrv.com.br

Site: http://www.mrv.com.br/ri

Anúncios

34 comentários sobre “MRVE – MRV ENGENHARIA E PARTICIPACOES S.A.

  1. Lucro da MRV cai 13,6% no segundo trimestre, para R$ 138 milhões
    Valor 11/08/2016 19h21

    (Atualizada às 19h18) O lucro líquido da MRV Engenharia caiu 13,6% no segundo trimestre, para R$ 138 milhões. Na comparação dos dois períodos, a receita líquida teve queda de 16,1%, para R$ 1,097 bilhão.

    A margem bruta das companhia aumentou de 29,2% no segundo trimestre de 2015, para 32,1%. A melhora resultou, principalmente, de economia de custos de obras e materiais, de acordo com o copresidente da MRV, Rafael Menin.

    A receita da MRV Engenharia tende a ser maior no segundo semestre do que na primeira metade do ano, de acordo com o executivo. Isso porque há expectativa de lançar um pouco mais no período de julho a dezembro, o que resulta em maior produção e, consequentemente, maior composição da receita.

    No setor, a receita é contabilizada conforme o avanço das obras.

    A MRV espera também que os lançamentos deste ano superem “um pouco” os de 2015, conforme Menin.

    O executivo conta que sentiu “leve aumento” da demanda nos meses de junho e julho. “Houve uma leve recuperação da confiança. Esses dois meses foram muito bons em relação a vendas”, disse.

    Curtir

  2. Lançamentos da MRV crescem 3,2% no segundo trimestre

    Os lançamentos da MRV Engenharia cresceram 3,2% no segundo trimestre ante o mesmo período do ano passado, para R$ 1,12 bilhão.

    De abril a junho, a companhia teve vendas brutas de R$ 1,36 bilhão e líquidas de R$ 1,04 bilhão, com redução de 5,5% e alta de 3,7%, respectivamente.

    Curtir

  3. DIVULGAÇÃO DE RESULTADOS DO 1T16
    Margem bruta de 32,9%
    Geração de caixa recorde de R$ 180 milhões
    Redução da alavancagem para 6,7%
    Belo Horizonte, 12 de Maio de 2016 – MRV Engenharia e Participações S.A. (BM&FBovespa: MRVE3 – ADR OTCQX: MRVNY), divulga seus resultados do primeiro trimestre de 2016 (1T16).

    Margem bruta de 32,9%, aumento de 3,4 pp. em relação ao 1T15.
    Margem líquida de 12,9%, aumento de 2,8 p.p comparado ao 1T15.
    Lucro líquido de R$ 128 milhões, aumento de 20,7% comparado ao 1T15.
    Geração de Caixa recorde em um 1º trimestre, alcançando R$180 milhões e posição de caixa bruto de R$2,0 bilhões.
    Alavancagem financeira de 6,7%, redução de 14,9 p.p. em relação ao 1T15.
    Manutenção do melhor rating do setor, AA-(br) pela Fitch Ratings e brAA- pela Standard & Poor´s

    Curtir

    • MRV (MRVE3): O lucro e o Ebitda da cia no 1T16 ficaram em linha com as expectativas de analistas, mas a receita ficou aquém das estimativas. O lucro líquido da MRV, de R$ 128 milhões, veio como esperado pela média das projeções de seis instituições ouvidas pel​a Agencia Estado ​(BTG Pactual, Bradesco BBI, Citi, Itaú BBA, JPMorgan e Votorantim Corretora). A estimativa era de R$ 124 milhões. Outro indicador que ficou em linha foi o Ebitda, de R$ 151 milhões, no primeiro trimestre. Conforme a média das projeções de cinco casas (Bradesco BBI, Citi, Itaú BBA, JPMorgan e Votorantim Corretora), a expectativa era Ebitda de R$ 155 milhões.

      Curtir

  4. MRV (MRVE3): A cia registrou volume de lançamentos de R$ 973 milhões nos três meses iniciais de 2016, resultado 3,8% maior que os R$ 937 milhões observados em igual período do ano passado. No entanto, na relação com o Valor Geral de Vendas (VGV) de R$ 1,631 bilhão do quarto trimestre, houve queda de 40,4%. Os números referem-se à fatia da companhia nos empreendimentos e contemplam os segmentos residencial e loteamento. As vendas contratadas – líquidas de permuta e bruta de distratos – somaram R$ 1,234 bilhão nos três meses iniciais de 2016, o que representa queda de 9,8% na comparação anual e recuo de 10,5% frente aos três meses imediatamente anteriores. As vendas contratadas contemplam a participação da companhia e os segmentos residencial e loteamento.
    ​Apesar de estar apresentando números melhores em relação a media do setor, o ativo em grande parte já está precificando este fato.​

    Curtir

  5. MRV ANUNCIA RESULTADOS DO 3T15

    Belo Horizonte, 12 de Novembro de 2015 – MRV Engenharia e Participações S.A. (BM&FBovespa: MRVE3 – ADR OTCQX: MRVNY), divulga seus resultados do terceiro trimestre de 2015 (3T15).

    Capturar

    Com a geração recorde de R$ 258 milhões, atingindo R$ 559 milhões no acumulado 9M15, a Companhia alcançou 13 trimestres consecutivos de geração de caixa.
    Queda expressiva na alavancagem alcançando 15,3% de dívida líquida total em relação ao patrimônio líquido.
    100% da Dívida Líquida atrelada a TR + 8%, resultando em 3,8 p.p. abaixo do CDI.
    Manutenção do rating AA- (br) pela Fitch Ratings e de brAA- pela Standard & Poor´s.
    Somente 5% das unidades em estoque estão concluídas.

    Curtir

  6. MRV: Resultado do 4T14 em linha com o esperado. Volume de distratos segue preocupando.

    Resultado em linha com as expectativas, vale ressaltar pelo lado positivo a forte e recorde geração de caixa trimestral, que atingiu R$ 238 MM no 4T14 e R$ 567
    MM em 2014.
    Pelo lado negativo segue elevado o volume de distratos no trimestre, conforme tabela abaixo:
    Endividamento – A companhia reduziu a alavancagem, terminando o 4T14 Net Debt / patrimônio líquido em 24,2%, uma queda de 6,3 p.p. YoY. E Net Debt / Ebitda
    de 1,31x.

    Resultado em linha com o esperado, destaque para a forte geração de caixa, porém, distratos seguem preocupando e não enxergamos uma melhora nessa linha,
    devido ao cenário macro cada vez mais desfavorável, com bancos cada vez mais restritivos e exigentes na liberação do crédito quando o imóvel fica pronto. Aliado
    a isso, a alta de juros, inflação, confiança do consumidor em baixa. Cenário totalmente desafiador.
    Seguimos não recomendando exposição ao setor de real estate.
    Teleconferência Hoje às 11hrs – (11) 2188 0155 Código: MRV

    Curtir

  7. MRV: Boa Prévia Operacional.

    Vendas contratadas somaram R$ 1,482 Bi, em linha com o 3T14 e um aumento de 20,5% YoY.
    Lançamentos atingiram R$ 1,2 Bi, um incremento de 30,6% QoQ e de queda de 10% YoY.
    VSO foi de 26% no 4T14. Em linha com o 3T14 e um aumento em relação ao 4T13, quando o VSO tinha sido de 23%.
    No trimestre foram construídas 9.265 unidades, volume 10,2% superior YoY.
    Segundo a companhia, as condições favoráveis de crédito no segmento econômico associadas a um mercado menos competitivo continuam favorecendo a
    resiliência nas vendas.
    Em 2014, 42.509 unidades foram entregues, concluindo um ciclo operacional da Companhia.

    Boa prévia operacional, indo na contramão da maioria das empresas no setor. A empresa lançou menos imóveis no 4T14, porém as vendas apresentaram
    crescimento de 20,5%. Aliado a isso o VSO foi de 26% no trimestre, acima do VSO no 4T13 de 23%.
    Apesar de não recomendarmos exposição ao setor, acreditamos que MRV tende a apresentar um bom desempenho hoje

    Curtir

  8. Resultado 1T14
    LL 81 M +2,7% x 1T13

    Recorde de vendas contratadas em um trimestre na história da Companhia, a despeito do contínuo aumento de preço médio da unidade. Em 1T14 as vendas atingiram R$ 1.538 milhões (10.734 unidades), valor 40% superior ao mesmo período do ano passado, mesmo com um aumento de preço de 14% nos últimos 12 meses.
    VSO trimestral de 26% no 1T14.
    Foram concluídas 8.451 unidades no trimestre, volume 36% superior ao mesmo período do ano passado.
    Receita Operacional Líquida de R$ 911 milhões: crescimento de 9,8% em relação ao mesmo período do ano anterior.
    Evolução do lucro líquido por ação em 12,1%, passando de R$ 0,153 no 4T13 para R$ 0,171 no 1T14.
    Geração de caixa de R$56 milhões no 1T14.
    Baixo índice de alavancagem: dívida líquida/patrimônio líquido de 29,5%.
    Em 2014, até o dia 14/05/14, foram recompradas 7.320.000 ações, a um valor total de R$ 53,6 milhões.

    http://ri.mrv.com.br/upload/destaque/20140514100002_ER%201T14%20POR%20FINAL.pdf

    Resultado Regular, foi mais do mesmo, apesar das receitas a serem reconhecidas nos próximos resultados sofrerem aumento de 25%, o resultado foi bem marginal, com baixo crescimento.

    Curtir

      • Beto Fiscal, o que o Tetzner falou é verdade, empresas como EZTEC tem um foco diferente, classe média alta, não lança mão do MCMV, e não foca baixa renda, o que permite ter margens altas e forte geração de caixa. Não tem como comparar MRVE com EZTEC, são focos diferentes, basta olhar a margem da EZTC (+ ou – 40%) e MRVE (+ ou – 9%).

        Curtir

  9. Belo Horizonte, 17 de março de 2014 – MRV Engenharia e Participações S.A. (BM&FBovespa: MRVE3 – ADR OTCQX: MRVNY) (“Companhia”), vem a público informar que, nesta data, o Conselho de Administração aprovou a criação de um novo programa de recompra de ações da Companhia (“Recompra”) para permanência em tesouraria e eventual cancelamento ou alienação. O prazo máximo para realização da referida Recompra passa a ser em 17 de março de 2015.

    Estas operações objetivam maximizar a geração de valor para os acionistas e observarão o disposto nas Instruções CVM nº 10 e nº 390. O total disponível para recompra de ações objeto destas operações, é de até 15.000.000 ações ordinárias de emissão da Companhia, no universo de 305.207.949 ações em circulação.

    Curtir

  10. Resultado 4T133 e 2013
    LL 72MM -37% x 4T12 // LL2013 423MM -20% x 2012

    Geração de caixa de R$162 milhões no 4T13, totalizando R$548 milhões em 2013.
    Redução da alavancagem: dívida líquida/patrimônio líquido de 30,4%.
    Recorde de vendas contratadas em um ano, atingindo R$ 5.094 milhões (38.449 unidades) em 2013, 27% superior a 2012.
    Apesar da greve bancária entre Setembro e Outubro e das festas de final de ano, 10.012 unidades foram repassadas no 4T13. Em 2013 foram repassadas 43.465 unidades, recorde da história da Companhia.
    Foram concluídas 12.583 unidades, segundo maior volume trimestral na história da Companhia. Em 2013, atingimos o volume de 40.205 concluídas, 52% superior a 2012.
    VSO trimestral de 23% no 4T13.
    Receita Líquida atingiu R$ 3.871 milhões no ano, crescimento de 2% em relação a 2012.

    Curtir

  11. Resultado 3T13
    LL 131M -13,2% x 3T12

    -> Geração de caixa de R$208 milhões no 3T13, totalizando R$386 milhões no 9M13.
    -> Redução da alavancagem: dívida líquida/patrimônio líquido de 33,8%, uma das menores
    da indústria.
    -> Receita Líquida atingiu R$ 1.072 milhões no trimestre, crescimento de 5% em relação ao
    3T12.
    -> Recorde de vendas contratadas para o período, atingindo R$ 1.388 milhões (10.250 unidades) no 3T13, 35% superior ao mesmo período do ano passado.
    ->Apesar da greve bancária iniciada em Setembro, 10.655 unidades foram repassadas no 3T13, segundo maior volume trimestral da história da Companhia.
    -> Novo recorde trimestral de unidades concluídas, atingindo 13.123 unidades no 3T13.
    -> VSO trimestral de 28% no 3T13.

    Curtir

  12. MRV ANUNCIA RESULTADOS DO 1T13

    Geração de caixa de R$62 milhões

    Belo Horizonte, 14 de maio de 2013 – MRV Engenharia e Participações S.A. (BM&FBovespa: MRVE3 – ADR OTCQX: MRVNY), divulga seus resultados do primeiro trimestre do ano de 2013 (1T13).

    Geração de Caixa crescente, atingindo R$62 milhões no 1T13;
    Recorde trimestral de repasses no 1T13, atingindo 10.277 unidades, um patamar de 41.108 unidades ao ano (1T13 anualizado);
    Melhor primeiro trimestre de vendas contratadas (%MRV) da história da Companhia no 1T13, totalizando R$ 1.095 milhões (8.816 unidades), um aumento de 34% em relação ao 1T12;
    Lançamentos (%MRV) de R$ 754 milhões no 1T13 (6.117 unidades). 100% dos projetos lançados no 1T13 já haviam sido contratados com as instituições financeiras;
    Banco de Terrenos (%MRV) com VGV potencial de R$ 22,9 bilhões;
    No 1T13 foram produzidas 9.152 unidades.

    Curtir

  13. MRV ANUNCIA RESULTADOS DO 4T12
    OPERAÇÃO SUSTENTÁVEL: QUALIDADE OPERACIONAL E GERAÇÃO DE CAIXA
    Geração de Caixa no Segmento Residencial no 4T12
    31% de crescimento nos repasses em 2012 vs 2011
    12% de crescimento nas unidades produzidas em 2012 vs 2011
    Mais de 100.000 unidades em construção simultaneamente

    Destaques
    Geração de Caixa no segmento residencial no 4T12;
    No 4T12 foram produzidas 9.115 unidades. No ano de 2012, as 39.656 unidades produzidas representam um aumento de 12% em relação ao ano de 2011;
    A MRV ultrapassou a marca de 100.000 unidades em construção simultaneamente;
    Recorde de unidades contratadas, atingindo 30.670 unidades no 4T12, um aumento de 83% em relação ao 4T11. No ano de 2012, as 64.573 unidades contratadas representam um aumento de 35% em relação ao ano de 2011 elevando o estoque de projetos aprovados nas instituições financeiras;
    8.977 unidades foram repassadas no 4T12, aumento de 18% comparado ao 4T11. No ano de 2012, 36.261 unidades foram repassadas representando um crescimento de 31% em relação a 2011.
    Banco de Terrenos (%MRV) com VGV potencial de R$ 21,8 bilhões;
    Lançamentos (%MRV) de R$ 666 milhões no 4T12 (5.523 unidades). No ano de 2012 foram lançados R$ 3.433 milhões (29.665 unidades);
    As vendas contratadas (%MRV) no 4T12 totalizaram R$ 1.221 milhões (10.051 unidades), um aumento de 19% em relação ao 3T12. No ano de 2012 foram vendidos R$ 4.005 milhões (34.213 unidades);
    VSO no 4T12 foi de 23%.

    Curtir

  14. MRV ANUNCIA RESULTADOS DO 2T12
    OPERAÇÃO SUSTENTÁVEL: COMBINAÇÃO DE CRESCIMENTO COM GERAÇÃO DE CAIXA

    Lucro Líquido R$ 145 milhões – 23,4% x 2T11

    O número de repasses de clientes no 2T12 foi de 10.061 unidades, uma evolução de 34% quando
    comparados aos repasses de 2T11. No semestre, o crescimento foi de 44% em relação ao mesmo período do ano passado.

    O consumo de caixa (cash burn) das operações da MRV no segmento residencial, no segundo trimestre de 2012, foi de R$ 1,8 milhão. Com o contínuo ganho de eficiência em nossos processos, mantivemos a tendência de queda do consumo de caixa, atingindo a geração de caixa neutra no 2T12.

    A margem bruta do 2T12 está impactada em 3,1 p.p. pelos encargos financeiros alocados no CMV (custo dos imóveis vendidos). Excluindo-se os encargos financeiros, a margem bruta do 2T12 foi de 31,6% comparado com 30,4% no 1T12 e 35,4% no 2T11.

    Em 30 de junho de 2012, possuíamos um saldo de Caixa e Equivalentes de Caixa e Aplicações financeiras (Títulos e valores mobiliários) no montante de R$ 1.564 milhões, um acréscimo de 28,1% em relação aos R$ 1.222 milhões em 31 de março de 2012. Mantemos uma posição sólida de caixa e uma baixa alavancagem, dando tranquilidade para nossas operações em períodos de incertezas da economia global e possíveis impactos na economia brasileira.

    Curtir

Não postar Links, nem referências à sites Externos, Emails, Telefones.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s