PRML – Prumo LOGISTICA S.A.

LLXL3

BMFBovespa: LLXL3

A partir de hoje 04/04/2014 o Codigo de negociacao LLXL3 foi alterado para PRML3.

 

A LLX é a empresa de logística do Grupo EBX, conglomerado industrial fundado e liderado pelo empresário brasileiro  Eike F. Batista, que possui um comprovado histórico de sucesso no desenvolvimento de novos empreendimentos nos setores de recursos naturais e infra-estrutura.

Diante de uma economia dinâmica e com extraordinário potencial de crescimento, associado à falta de investimento e gargalos que restringem as exportações/importações brasileiras, a LLX foi criada em março de 2007 com o propósito de prover o Brasil com infraestrutura e competências logísticas no setor portuário.

A LLX é a empresa privada brasileira responsável pelo maior investimento em infraestrutura portuaria na América Latina: o Superporto do Açu. Em construção desde outubro de 2007, o complexo industrial do Superporto do Açu é o maior empreendimento porto-indústria da América Latina e tem potencial para se tornar um dos três maiores complexos portuários do mundo. Contando com dois terminais, a capacidade de movimentação de cargas do Superporto do Açu poderá chegar a 350 milhões de toneladas por ano, entre minério de ferro, petróleo, produtos siderúrgicos, carvão e outros granéis líquidos e sólidos.

O Superporto do Açu está estrategicamente localizado no norte do estado do Rio de Janeiro, na região Sudeste do país, responsável por aproximadamente 75% do PIB brasileiro e em torno de 75% das exportações. Em adição, encontra-se a aproximadamente 150 km da Bacia de Campos, onde 85% do petróleo brasileiro é produzido. Em seu breve histórico de sucesso, a LLX já conta com mais de 60 contratos e memorando de entendimentos assinados com Companhias de diversos setores como geração de energia, cimenteiras e siderúrgicas para instalação de suas indústrias nos 90km² de complexo industrial que compõe o complexo do Superporto do Açu.

RI: ri@llx.com.br

Site: http://www.llx.com.br/ri/

LLXL3_capex LLXL3_dr LLXL3_balanco

Anúncios

10 comentários sobre “PRML – Prumo LOGISTICA S.A.

  1. Resultados do 4º Trimestre e 2013
    LL R$ -11,8 M +0,52% x 4T12 / LL R$ -135,8 M +271,4% x 2012
    DESTAQUES

    * Licença de Instalação Intermoor
    * Assinatura de contrato para a formação de uma companhia para distribuição de combustíveis marítimos
    * Assinatura de Contrato com a Wärtsila
    * Negociação com OSX
    * Financiamentos
    * Aumento de Capital
    * Mudança na Razão Social
    * Novo CEO

    http://prumo.riweb.com.br/ShowResultado.aspx?IdResultado=rod9Day+WVL3qI+TfaLxeQ==

    Resultado Péssimo da empresa e relatório mal organizado sem informações do 4T13. Tive que buscar o resultado em outra fonte. Empresa conhecida de todos, anda mal há muito tempo. Prejuízos só acumulam.

    Curtir

  2. ALTERAÇÃO DO CÓDIGO DE NEGOCIAÇÃO

    A Prumo Logística S.A. (“Companhia” ou “Prumo”) (Bovespa: LLXL3) comunica aos seus acionistas e ao mercado em geral que, conforme já informado em comunicado ao mercado do dia 31 de Março, a partir de amanhã 4 de abril de 2014, as ações de emissão da Prumo passarão a ser negociadas na BM&FBOVESPA sob o código de negociação (“ticker”) PRML3, nome de pregão PRUMO e pelo novo código ISIN BRPRMLACNOR9.

    O novo ticker dos recibos de ação negociados no mercado de balcão norte americano será PRMLY.

    Curtir

  3. Resultado 3T13
    LL -38,472M – 781% x 3T12

    -> A Companhia terminou o 3T13 com um saldo em caixa e equivalentes de R$ 99 milhões comparados
    a R$ 326 milhões no 2T13.
    -> Os financiamentos da companhia no 3T13 somaram R$ 2,24 bilhões, considerando principal e juros.
    -> O imobilizado consolidado passou de R$ 2.325,6 milhões no 2T13 para R$ 2.579,7 milhões no 3T13 e esse aumento está associado ao avanço no andamento físico das obras do Superporto do Açu. A variação de R$ 254,1 milhões pode ser explicada principalmente por:
    -> Incremento em obras em andamento no valor de R$ 189,8 milhões na LLX Açu e LLX Minas-Rio
    -> R$ 64,3 milhões em juros capitalizados na LLX Açu e LLX Minas-Rio

    Curtir

  4. Análise Simplificada da Demonstração de Resultados (R$ Mil)
    IFRS Consolidado (R$ Mil)
    DRE 1T13 1T12 Var.
    Receita Operacional Líquida 14.177 17.113 (2.936)
    Lucro Bruto 14.177 17.113 (2.936)
    Despesas Gerais e Administrativas (34.023) (38.069) 4.046
    Outras (despesas) receitas operacionais 2.005 (284) 2.289
    Resultado Financeiro 3.215 9.525 (6.310)
    Resultado antes do imposto de renda e da contribuição social
    (14.626) (11.715) (2.911)
    Prejuízo líquido do exercício (11.480) (9.128) (2.352)
    No primeiro trimestre de 2013, a LLX apresentou uma receita líquida de R$ 14,1 milhões, referente ao aluguel de área dos seus clientes OSX, MPX, Technip, NOV e Intermoor. No 1T12, a receita teve impacto de pagamentos retroativos da Technip realizados em 2012 referentes ao ano de 2011.

    Curtir

  5. Resultado do 4T12

    A empresa anunciou prejuízo líquido de R$ 11,8 M neste trimestre, contra perdas de R$ -5,2 M apurados no 3T12. No mesmo período do ano anterior, o resultado havia sido negativo em R$ 18,6 M.

    Os ativos totais registraram o saldo de R$ 930,6 M, redução de 2,3% em relação ao saldo no mesmo trimestre do ano anterior. O patrimônio líquido alcançou a soma de R$ 904,7 M no 4T12, valor -1,6% menor ao saldo no mesmo período do ano anterior.

    Curtir

  6. DIVULGAÇÃO DE RESULTADOS 3T12

    No 3T12, a LLX contabilizou prejuízo líquido de R$ 4,9 milhões, contra o prejuízo de R$ 12,5 milhões registrado em igual período de 2011.

    Emissão de R$ 750 milhões em debêntures

    LLX renova prazo de financiamento de R$ 345 milhões com o Bradesco

    Cancelamento da Oferta Publica de Ações para fechamento de capital

    Quebra-mar do Superporto do Açu já conta com três blocos de concreto

    Correias transportadoras de minério de ferro são testadas no Superporto do Açu

    Technip inicia obras para fábrica de tubos flexíveis no Superporto do Açu

    Curtir

  7. FATO RELEVANTE: Acionista Controlador apresenta pedido de registro de oferta pública de aquisição de ações da Companhia à CVM o Sr. Eike Fuhrken Batista, por meio de sua controlada indireta TOX Participações S.A. (“Ofertante”), apresentou à CVM pedido de registro de oferta pública de aquisição de até a totalidade de ações ordinárias de emissão da Companhia em circulação no mercado para cancelamento de registro de companhia aberta da Companhia perante a CVM e sua consequente saída do segmento especial de negociação de valores mobiliários da BM&FBOVESPA S.A.

    Curtir

  8. RESULTADOS DO 2º TRIMESTRE DE 2012
    Dados em (R$ Mil)

    Prejuízo líquido do exercício (6.891) cante (15.253) no 2T11

    Receita Operacional Líquida 17.843

    Despesas Gerais e Administrativas (41.893)

    Outras (despesas) receitas operacionais 12.124

    Resultado Financeiro 7.906

    Curtir

Não postar Links, nem referências à sites Externos, Emails, Telefones.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s