CESP – CIA ENERGETICA DE SAO PAULO

CESP6

BMFBovespa: CESP3 ; CESP5; CESP6

A CESP – Companhia Energética de São Paulo (“CESP” ou “Companhia”) é a maior companhia de geração de energia do Estado de São Paulo, a quarta maior companhia de geração de energia do Brasil em potência instalada, de acordo com dados publicados pela ANEEL.

A Companhia possui seis usinas de geração hidrelétrica com um total de 57 unidades geradoras, que possuem uma capacidade instalada de 7.455 MW e de garantia física de energia de 3.916 MW médios, representando 7% e 8%, respectivamente, da capacidade instalada e energia de garantia física do Brasil.

As usinas hidrelétricas da CESP estão distribuídas em duas bacias hidrográficas, a bacia do Rio Paraná, no oeste do Estado de São Paulo, e a bacia do Rio Paraíba do Sul, no leste do Estado de São Paulo.

Os clientes da CESP são as principais distribuidoras de energia elétrica do país que compram sua energia por meio de contratos de longo prazo, em leilões, no mercado regulado, e os consumidores livres, estes representados pelas comercializadoras e grandes consumidores finais, que adquirem sua energia por meio de contratos bilaterais de médio e longo prazos.

A energia assegurada da Companhia está com a maior parte de sua produção contratada até 2012 por preços fixos, mas crescentes em termos reais, que são protegidos contra a inflação. Esses contratos começam a expirar em 2013.

A CESP é comprometida com a transparência na administração da Companhia e na elaboração e divulgação de suas demonstrações financeiras. Na condição de sociedade de economia mista e concessionária de serviços públicos, suas operações são regularmente avaliadas por órgãos de controle estaduais e federais.

RI: ricesp@cesp.com.br

Site: http://ri.cesp.com.br/

Anúncios

17 comentários sobre “CESP – CIA ENERGETICA DE SAO PAULO

  1. A Cesp anunciou lucro líquido de R$ 97,914 milhões no primeiro trimestre deste ano, o que representa uma queda de 6% ante os R$ 104,155 milhões reportados no mesmo período do ano passado. Resultado ficou em linha com as estimativas do mercado. O EBITDA totalizou R$ 194,061 milhões, queda de 63,7% frente o reportado nos três primeiros meses de 2015. Resultado ficou acima das projeções do mercado. O EBITDA ajustado pela provisão para riscos legais ficou em R$ 295,027 milhões, montante 48,7% inferior ao anotado um ano antes. A receita operacional líquida totalizou R$ 480,711 milhões entre janeiro e março, uma redução de 38,3% em relação ao mesmo período do ano passado. Conforme destacou a companhia, a redução na receita se deve ao término das concessões de Ilha Solteira e Jupiá. O resultado financeiro ficou positivo em R$ 69,6 milhões entre janeiro e março deste ano, reflexo da valorização do real frente ao dólar.

    Curtir

  2. 3T14

    O resultado do 3T14 foi bom, mas dentro das expectativas. Ressalte-se que a queda observada, frente ao trimestre anterior se deveu à (também esperada) ampliação do GSF (Generation Scale Factor), de cerca de 8% no 2T14 para quase 15% no 3T14.

    Comparando o 3T14 com o 3T13, observa-se que a Receita Líquida cresceu 8,3%, tendo como com destaque o Mercado de Curto Prazo – PLD que, mesmo impactado pelo Fator MRE (GSF), apresentou crescimento de 116,7%, devido ao maior Preço de Liquidação das Diferenças (PLD), médio de R$ 496,48/Mwh no 3T14 ante R$ 171,36/Mwh no 3T13. As vendas para o ACL (Ambiente de Contratação Livre) cresceram 16,8% e as vendas para o ACR (Ambiente de Contratação Regulada) tiveram queda de 6,5%.

    As despesas operacionais tiveram queda de 22%, provocando expressivos ganhos de margem operacional: +17 p.p. na margem da atividade e de 16,3 p.p. na margem EBITDA. Praticamente todos os itens das despesas tiveram redução, não se observando nenhum destaque.

    O resultado financeiro líquido negativo teve redução de 23,8%, principalmente em função da expressiva ampliação das receitas financeiras brutas. Estas refletiram a maior disponibilidade de caixa e a atualização sobre a compra de moeda estrangeira para quitação do Bônus da Série 8 com vencimento em 15 de janeiro de 2015. A elevação de 24,6% nas despesas financeiras brutas se deveu à valorização de 11,3% do dólar americano perante o real.

    Tendo em vista os bons resultados alcançados nos últimos trimestres, a situação financeira da companhia melhorou consideravelmente. A posição mostrada em 30/09/2014 mostra um baixo nível de alavancagem financeira.

    Curtido por 1 pessoa

  3. DIN-DIN($$$)

    CESP (CESP-N1)

    Distribuicao de Juros sobre Capital Proprio

    Enviou o seguinte Comunicado ao Mercado:

    CESP Companhia Energetica de Sao Paulo vem informar a seus acionistas e ao mercado em geral que seu Conselho de Administracao, em reuniao realizada em 12 de agosto de 2014, aprovou o pagamento de Juros sobre o Capital Proprio, no valor de R$ 193.000.000,00 (cento e noventa e tres milhoes de reais), na forma da Lei n. 9.249/95 e do Estatuto Social, conforme abaixo:

    Acoes PNAs, valor de R$13.886.525,80, equivalente a R$ 1,8245449418 por acao;
    Acoes ONs, valor de R$ 61.125.032,21, equivalente a R$ 0,5599190695 por acao;
    Acoes PNBs, valor de R$ 117.988.441,99, equivalente a R$ 0,5599190695 por acao.

    1. O pagamento sera efetuado ate 30.09.2014.

    2. Farao jus aos Juros sobre o Capital Proprio os acionistas constantes da posicao acionaria verificada em 18.08.2014, sendo as acoes negociadas a partir de 19.08.2014 na BM&FBOVESPA consideradas ex-juros sobre o capital proprio .

    3. O pagamento relativo aos juros sobre capital proprio sera deduzido do montante de dividendos a pagar, na forma da legislacao vigente, e nos termos do Paragrafo Unico do Artigo 31 do Estatuto Social.

    CREDITO DOS JUROS
    4. Os acionistas receberao o credito conforme cadastro fornecido ao Itau Unibanco S.A., instituicao depositaria das acoes desta Companhia, a partir da data de inicio do pagamento deste direito. Os acionistas cujos cadastros estejam desatualizados e nao contenham o numero do CPF/CNPJ, ou opcao de credito bancario, terao os seus juros creditados em 3 (tres) dias uteis apos a efetivacao da atualizacao cadastral nos arquivos eletronicos do referido banco.
    Neste caso a atualizacao podera ser feita em qualquer agencia do Itau Unibanco S.A.. Os acionistas usuarios de custodia fiduciaria terao o credito dos juros efetuado conforme cadastro fornecido a BM&FBOVESPA.
    5. Os acionistas portadores de certificados representativos de acoes somente poderao se habilitar ao recebimento dos juros apos a conversao dos mesmos para o sistema escritural, conforme Lei 8.021/90, mediante comparecimento a CESP, a Avenida Nossa Senhora do Sabara, 5.312, Escritorio 43, Sao Paulo SP, no horario das 8h30min as 11h30min e das 13h30min as 16h30min, ou nas agencias do Itau Unibanco S.A., localizadas em todo o territorio nacional, no horario bancario, apresentando para tanto os documentos e os certificados para a atualizacao e conversao de suas acoes para o sistema escritural.
    6. Sobre o valor dos juros sobre o capital proprio incidira, de acordo com a legislacao em vigor, a taxa de 15% a titulo de Imposto de Renda e, para aqueles acionistas que passaram a ser imunes ou isentos, deverao encaminhar ate 25.08.2014, copia autenticada do Recibo de Entrega de Declaracao de Isencao do Imposto de Renda Pessoa Fisica ou Juridica na CESP Companhia Energetica de Sao Paulo, Av. Nossa Senhora do Sabara, 5.312, CEP 04447-011, Escritorio 43.
    7. Oportunamente a Companhia divulgara aviso aos acionistas informando a data do efetivo pagamento dos Juros sobre Capital Proprio.
    8. Esclarecimentos adicionais poderao ser obtidos pelos telefones (11) 5613-3963 e 5613-3964.

    Sao Paulo, 15 de agosto de 2014.

    Norma: A partir de 19/08/2014, acoes escriturais ex-juros.

    Curtido por 1 pessoa

  4. RESULTADO 4T13 e 2013
    LL R$ (990.558) M -1759,1% x 4T12 / R$ (195.346) M -138,7% x 2012

    Destaques
    * Receita Operacional Líquida de R$ 3,9 bilhões, 16,4% acima do registrado em 2012
    * Despesas Operacionais de R$ 1,7 bilhão, 9,2% inferiores às de 2012
    * Resultado do Serviço de R$ 2,2 bilhões, 48,6% superior ao alcançado em 2012
    * EBITDA (instrução CVM 527/12) de R$ 852 milhões em 2013
    * EBITDA Ajustado de R$ 2,7 bilhões em 2013, ajustado pela provisão da Usina de Três Irmãos, com margem de 68,2%
    * Prejuízo de R$ 195,3 milhões em 2013
    * Proposta de distribuição de dividendos de R$ 1,0 bilhão (R$ 196 milhões já pagos como Juros sobre o Capital Próprio).

    http://emkt.firb.com/emkt/tracer/?2,1850271,749bb727,7679,1

    Curtir

    • Resultado Péssimo. O que teve de bom: aumento da receita líquida e redução das despesas operacionais. O que houve de ruim: um aumento de outras despesas líquidas de 2.707,4% em relação ao 4T12, o que levou ao resultado de prejuízo.
      Outras despesas 4T13 –> (1860.167); 4T12 –> (66.260) ==> Variação: 2707,4%

      Curtir

  5. Resultado 3T13
    LL R$ 192 M + 28,3% x 3T12

    Lucro Líquido de R$ 192 milhões, 28,3% superior ao 3T12

    Destaques do 3T13
     Receita Operacional Líquida de R$ 867,4 milhões, 4,4% acima do registrado no 3T12
     Despesas Operacionais de R$ 442,5 milhões, 3,9% inferiores às do 3T12
     Resultado do Serviço de R$ 424,9 milhões, 14,8% superior ao alcançado no 3T12
     Resultado Financeiro negativo de R$ 77,3 milhões, 38,1% menor do que no 3T12
     Lucro Líquido de R$ 191,9 milhões, 28,3% superior ao 3T12.

    Lucro Líquido 9M13 = R$ 795 M +78,9% x 3T12

    Curtir

  6. Lucro Líquido de R$ 339 milhões
    Jurossobre o Capital Próprio de
    R$ 111 milhões
    Destaques do 1T13
     Receita Operacional Líquida de R$ 1,1 bilhão, 35,9% de crescimento emrelação ao 1T12
     Despesas Operacionais recuam 2,8% e registram R$ 419,8 milhões no 1T13
     Resultado do Serviço alcança R$ 724,8 milhões, um crescimento de 76,5% no 1T13
     Resultado Financeiro de R$ 80,3 milhões negativos, em linha como 1T12
     EBITDA de R$ 841,1 milhões, 47,3% superior ao 1T12, com margemde 73,5%
     Lucro Líquido de R$ 339,0 milhões, 58,3% superior ao 1T12
     Serão distribuídos R$ 111 milhões, a serem pagos até 30/07/2013, a título de Jurossobre Capital Próprio.

    Curtir

  7. Receita Líquida cresce 13,4% em 2012 com proposta de dividendos de R$ 386 milhões

    Destaques de 2012

     Receita Operacional Líquida de R$ 3,4 bilhões, 13,4% de crescimento emrelação a 2011

     Resultado Financeiro de R$ 576,6 milhões negativos, 15,4% inferior a 2011

     EBITDA ajustado de R$ 2.072,3 milhões, 18,6% superior a 2011, commargem de 61,8%

     Lucro Líquido de R$ 148,0 milhões, 36,3% superior a 2011

     Proposta de distribuição de dividendos de R$ 386,2 milhões (R$ 115 milhões já pagos como Jurossobre o Capital Próprio).

    Curtir

  8. Destaques do 3T12

    Lucro Líquido de R$ 149,6 milhões no trimestre

     Receita Operacional Líquida de R$ 831,0 milhões, 13,0% de
    crescimento em relação ao mesmo período de 2011
     Despesas Operacionais de R$ 460,7 milhões, 3,9% acima do
    3T11  
     Resultado Bruto (Resultado do Serviço) de R$ 370,3 milhões,
    crescimento de 26,9% em relação ao mesmo trimestre de
    2011
     EBITDA de R$ 585,5 milhões, 16,8% superior ao mesmo
    período de 2011, com margem de 70,5%
     Lucro Líquido de R$ 149,6 milhões, revertendo o prejuízo de
    R$ 98,6 milhões no 3T11

    Curtir

  9. Resultados referentes ao segundo trimestre de 2012 (2T12)

    EBITDA no 2T12 de R$ 640,0 milhões

    Destaques do 2T12

    Receita Operacional Líquida de R$ 875,4 milhões, 25,0% de crescimento em relação ao mesmo período de 2011

    Despesas Operacionais de R$ 445,7 milhões, 1,0% acima do 2T11  

    Resultado Bruto (Resultado do Serviço) de R$ 429,7 milhões,  crescimento de 65,9% em relação ao mesmo trimestre de 2011

    EBITDA de R$ 640,0 milhões, 35,7% superior ao mesmo período de 2011, com margem de 73,1%

    Lucro Líquido de R$ 80,9 milhões, 11,5% superior ao registrado no 2T11

    Despesas com Variação Cambial de R$ 137,4 milhões, decorrente da valorização de 10,9% do Dólar frente ao Real

    Juros sobre Capital Próprio de R$ 40 milhões, a serem pagos até 31/10/2012

    Curtir

Não postar Links, nem referências à sites Externos, Emails, Telefones.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s