SBSP – CIA SANEAMENTO BASICO EST SAO PAULO

 

 

 

SBSP3.bmp

BMFBovespa: SBSP3

A Sabesp é uma empresa de economia mista responsável pelo fornecimento de água, coleta e tratamento de esgotos de 363 municípios do Estado de São Paulo. É considerada uma das maiores empresas de saneamento do mundo em população atendida.

São 27,6 milhões de pessoas abastecidas com água e 20,5 milhões de pessoas com coleta de esgotos.

Em parceria com empresas privadas, a Companhia também atua em outros quatro municípios, Mogi-Mirim, Castilho, Andradina e Mairinque, além de realizar serviços de consultoria, no Panamá e em Honduras, e parcerias com as concessionárias estaduais de saneamento dos Estados de Alagoas e Espírito Santo.

Para oferecer serviços de qualidade, mantém uma gigantesca estrutura e nos últimos cinco anos investiu cerca de R$ 9 bilhões. Para o período 2012-2015, planeja investir mais aproximadamente R$ 8 bilhões para avançar no cumprimento do seu compromisso com a universalização, sustentável e responsável, dos serviços de água e esgoto na sua área de atuação até 2018.

Além dos serviços de saneamento básico, a Sabesp está habilitada a atuar nos mercados de drenagem, serviços de limpeza urbana, manejo de resíduos sólidos e energia.

Desde 2002 a Companhia possui ações negociadas nas Bolsas de Valores de São Paulo, sob o código SBSP3, e Nova Iorque, sob o código SBS.
RI: maasampaio@sabesp.com.br, abairoldi@sabesp.com.br

Site: http://www.sabesp.com.br/Calandraweb/CalandraRedirect/?temp=0&proj=investidoresnovo&pub=T&db=

SBSP3_Ind.bmp SBSP3_Dest.bmp SBSP3_Fat.bmp SBSP3_Fa2t.bmp SBSP3_Custos.bmp SBSP3_Desp.bmp SBSP3_Var.bmp SBSP3_Ind_Oper.bmp SBSP3_Divida.bmp SBSP3_Capex.bmp SBSP3_DR.bmp SBSP3_DR2.bmp SBSP3_Caixa.bmp SBSP3_Caixa2.bmp

Anúncios

22 comentários sobre “SBSP – CIA SANEAMENTO BASICO EST SAO PAULO

  1. Sabesp (SBSP3): A cia divulgou comunicado informando que as negociações para equacionar as dívidas do município de Guarulhos com a empresa ainda estão em andamento. Em janeiro, um representante da Sabesp revelou que o débito do município de Guarulhos, em setembro de 2015, somava R$ 2,7 bilhões (R$ 443 milhões em fornecimento e R$ 2,26 bilhões em precatórios). No dia 3 de junho, a Sabesp informou o encerramento das negociações com as prefeituras de Santo André e Mauá. O advogado da Sabesp informou que o município de Mauá possuía, em setembro de 2015, uma dívida de R$ 2 bilhões com a Sabesp. No caso de Santo André, a dívida do município com a Sabesp chegava a R$ 2,88 bilhões em setembro (R$ 883 milhões referentes ao fornecimento e R$ 1,99 bilhão em precatórios).

    Curtir

  2. (=) Sabesp (SBSP3): Reajuste de 6,4952%.
    A Arsesp autorizou reajuste de 6,4952% em relação às tarifas vigentes.
    No primeiro semestre, com a queda acentuada do nível do Sistema Cantareira, a autarquia optou por não aumentar a conta de água e apostar no bônus de 30%
    para diminuir o consumo.
    O reajuste aprovado pela Arsesp ficou maior do que o definido no início do ano, que era de 5,44%, com aplicação autorizada a partir do dia 11 de maio

    Curtir

    • Sabesp (SBSP3): A cia anunciou na sexta-feira que encerrou as negociações com os municípios de Santo André e Mauá, relativas a dívidas dessas prefeituras com a companhia, sem chegar a um acordo. Em um protocolo de entendimentos assinado entre as partes, havia sido dado um prazo de dois meses para a conclusão da negociação. Em janeiro, o advogado da Sabesp​ ​informou que o município de Mauá possuía, em setembro de 2015, uma dívida de R$ 2 bilhões com a Sabesp – desse montante, R$ 1,27 bilhão diz respeito à débitos relativos ao fornecimento de água, enquanto R$ 97 milhões são referentes a precatórios e outros R$ 642 milhões tratam de indenizações ligadas aos investimentos realizados pela companhia e não indenizados na ocasião da retomada dos serviços pelo município, por meio da SAMA, em 1995. No caso de Santo André, a dívida do município com a Sabesp chegava a R$ 2,88 bilhões em setembro (R$ 883 milhões referentes ao fornecimento e R$ 1,99 bilhão em precatórios). No comunicado, a Sabesp informa que vai continuar seus esforços nas esferas administrativa e judicial para a recuperação dos recursos devidos pelos municípios.

      Curtir

  3. Ações da Sabesp sobem em SP e NY após Justiça liberar 2ª cota do volume morto

    As ações e recibos da Sabesp operavam em alta, tanto na Bolsa paulista quanto na de Nova York, nesta sexta-feira (17), depois que o Tribunal Regional Federal da 3ª Região suspendeu uma liminar que impedia a companhia de captar o segundo volume morto do Sistema Cantareira. Por volta das 16h, a ação da Sabesp no Ibovespa (SBSP3) subia 2,87%, a R$ 19,70. No mercado de Nova York, os recibos de ações tinham alta de 3,6%, sendo negociados a US$ 8,05. Deixe sua opinião (Com Reuters) Leia Mais

    Curtir

  4. Resultado 1T14
    LL 478 M -3,7% x 1T13

    No 1T14, a receita operacional líquida totalizou R$ 2,8 bilhões, um acréscimo de 5,6% em relação ao 1T13.
    Os custos e despesas somados aos custos de construção apresentaram um acréscimo de 6,1%, passando de R$ 1,9 bilhão no 1T13 para R$ 2,0 bilhões no 1T14.
    O EBIT avançou 4,0% , passando de R$ 726,3 milhões no 1T13 para R$ 755,6 milhões no 1T14.
    O EBITDA ajustado passou de R$ 921,5 milhões no 1T13 para R$ 1.015,8 milhões no 1T14 , um aumento de 10,2 %.
    A margem EBITDA ajustada passou de 34,8% no 1T13 para 36,4% no 1T14. Desconsiderando os efeitos da
    receita e do custo de construção a margem EBITDA ajustada resulta em 44,5% no 1T14 (42,4% no 1T13).
    O lucro líquido passou de R$ 496,2 milhões no 1T13 para R$ 477,6 milhões no 1T14, um recuo de 3,7%.

    http://www.sabesp.com.br/sabesp/filesmng.nsf/CB2ABDED52AA81A983257CDD004BD939/$File/SBSP3_1T14.pdf?OpenElement

    Resultado Regular, houve queda no fornecimento e tratamento de água no atacado, as demais receitas corresponderam com crescimento, a empresa continua boa e com bons resultados.

    Curtir

  5. SBSP3 – CIA. DE SANEAMENTO BÁSICO DO ESTADO DE SÃO PAULO (Razoável) LL R$ 590,7M -22,8% x 4T12 / R$ 1.923,6 M +0,6% x 2012

    * Lucro
    O lucro líquido passou de R$ 1,91 bilhão em 2012 para R$ 1,92 bilhão em 2013, um avanço de 0,6%.

    * Dívida
    Os custos e despesas somados aos custos de construção apresentaram um acréscimo de 4,0%, passando de R$ 7,9 bilhões em 2012 para R$ 8,2 bilhões em 2013.

    Ao final de 2013, o endividamento total da companhia era de aproximadamente R$ 9,5 bilhões, sendo que a dívida em moeda estrangeira totalizava 39,1% da dívida total. Do endividamento em moeda estrangeira, a maior parte é contraída junto a organismos de financiamento internacionais, apresentando prazos longos de vencimento, fluxo de amortização diluído ao longo do tempo e baixas taxas de juros.

    A Sabesp se utiliza de recursos próprios e de terceiros para financiar seu plano de investimento, sendo a maior parte da dívida da companhia (60,2%) contraída junto a agências oficiais de governo nacionais e estrangeiras e organismos multilaterais, com custos baixos e prazos longos. Além disso, recorre a captação de recursos no mercado de capitais nacional e internacional, preferencialmente para a gestão da dívida.

    Com relação à captação de recursos para investimento, em dezembro de 2013, no âmbito da Seleção 2012-2013 do Ministério das Cidades firmamos contrato no valor de R$ 415 milhões para a ampliação da captação e da capacidade operacional da Estação de Tratamento de Água Guaraú e para a implantação do Reservatório Túnel R3 da mesma ETA, integrantes do Programa Metropolitano de Água. O prazo total do contrato é de até 144 meses, com carência de até 36 meses e encargos financeiros de TJLP + 1,66% aa.

    * Margem
    A margem EBITDA ajustada passou de 33,6% em 2012 para 35,4% em 2013. Desconsiderando os efeitos da receita e do custo de construção a margem EBITDA ajustada resulta em 44,6% em 2013 (43,0% em 2012).

    * EBITDA
    O EBIT avançou 9,4%, passando de R$ 2,9 bilhões em 2012 para R$ 3,1 bilhões em 2013.

    O EBITDA ajustado passou de R$ 3,6 bilhões em 2012 para R$ 4,0 bilhões em 2013, um aumento de 11,1%.

    * Receita
    A receita operacional bruta relacionada à prestação de serviços de água e esgoto apresentou um acréscimo de R$ 613,3 milhões, ou 6,9%, passando de R$ 8,9 bilhões em 2012 para R$ 9,5 bilhões em 2013.

    Em 2013, a receita operacional líquida totalizou R$ 11,3 bilhões, um acréscimo de 5,4% em relação ao ano anterior.

    Relatório
    http://common.mzvaluemonitor.com/Downloader.ashx?accountId=158&fileId=127041

    Curtir

  6. São Paulo, Brasil, 27 de março de 2014. A Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo – SABESP (BM&FBovespa: SBSP3; NYSE: SBS), uma das maiores prestadoras de serviços de água e esgoto do mundo com base no número de clientes, comunica aos Senhores Acionistas que, em 27 de março de 2014 o Conselho de Administração deliberou baseado no inciso XI do artigo 13 e do parágrafo 1º do artigo 28 do Estatuto Social, sobre a declaração de pagamento de dividendos na forma de juros a título de remuneração sobre o capital próprio relativo ao período de janeiro a dezembro de 2013, aos acionistas detentores de ações na data base de 07 de abril de 2014.

    Curtir

  7. Resultado 3T13
    LL 475M +31,3% x 3T12

    -> No 3T13, a receita operacional líquida totalizou R$ 2,8 bilhões, um acréscimo de 2,3% em relação ao 3T12.
    -> Os custos e despesas somados aos custos de construção, apresentaram um decréscimo de 2,4%, passando de
    -> R$ 2,0 bilhões no 3T12 para R$ 1,9 bilhão no 3T13.
    -> O EBIT avançou 15,5%, passando de R$ 721,8 milhões no 3T12 para R$ 833,6 milhões no 3T13.
    -> O EBITDA ajustado passou de R$ 902,0 milhões no 3T12 para R$ 1.042,0 milhões no 3T13, um aumento de
    15,5%.
    -> A margem EBITDA ajustada passou de 33,3% no 3T12 para 37,6% no 3T13. Desconsiderando os efeitos da
    receita e do custo de construção a margem EBITDA ajustada resulta em 46,4% no 3T13 (42,4% no 3T12).
    -> O lucro líquido passou de R$ 361,8 milhões no 3T12 para R$ 475,0 milhões no 3T13, um avanço de 31,3%.

    Curtir

    • Rodrigo, minha opinião. Se a empresa mantém os seus fundamentos sólidos, com lucros crescentes, mas a cotação cai, para mim é oportunidade. Agora tem que estudar ela mais a fundo para ver se não tem algum contrato vencendo, se tem algum fato relevante que vai impactar os lucros, etc… No demais é oscilação de mercado, acho a oportunidade perfeita para comprar qualquer ativo, se for bom, e o preço cair, é oportunidade, estude ela chegue a uma conclusão e posta aqui pra gente, vamos aprendendo juntos.

      Curtir

  8. SÃO PAULO – A Arsesp (Agência Reguladora de Saneamento e Energia do Estado de São Paulo) informou que os assuntos referentes à revisão e reajuste tarifários da Sabesp (SBSP3) serão pautados na primeira reunião da diretoria da agência, quando a mesma for recomposta.
    Atualmente, ressalta a nota da agência enviada ao mercado, do quadro de cinco diretores, apenas dois postos estão ocupados. E, para fazer deliberações, é exigido um quórum mínimo de três membros.
    As ações da Sabesp têm um forte dia de alta – às 15h06 (horário de Brasília), os ativos registravam ganhos de 9,97%, a R$ 21,62, impulsionadas pela fala do secretário de energia do estado de São Paulo, José Aníbal, garantindo que o reajuste tarifário da Sabesp será feito com base na inflação. Aníbal afirmou que, logo que a diretoria da Arsesp for recomposta, o reajuste será realizado. “Isso faz parte do contrato e não é matéria de discussão”, afirmou o secretário ao AE Broadcast.

    Curtir

  9. SABESP anuncia resultado do 1T13

    No 1T13, a receita operacional líquida totalizou R$ 2,6 bilhões, um acréscimo de 2,6% em relação ao 1T12.
    Os custos e despesas somados aos custos de construção, no montante de R$ 1,9 bilhão apresentaram um acréscimo de 2,4% em relação ao 1T12.
    O EBIT avançou 3,5%, passando de R$ 701,7 milhões no 1T12 para R$ 726,3 milhões no 1T13.
    O EBITDA ajustado passou de R$ 888,2 milhões no 1T12 para R$ 921,5 milhões no 1T13, um aumento de 3,7%.
    A margem EBITDA ajustada no 1T13 atingiu 34,8%, comparativamente a 34,5% no mesmo período do ano anterior. Desconsiderando os efeitos da receita e do custo de construção a margem EBITDA ajustada resulta em 42,4% no 1T13 (43,3% no 1T12).
    O lucro líquido fechou o 1T13 em R$ 496,2 milhões um avanço de 0,9% em relação ao 1T12.

    Curtir

  10. Resultado do 4º Trimestre de 2012

    A companhia anunciou lucro líquido de R$ 765,4 M no 4° trimestre de 2012, uma variação de 111,6% em relação ao 3° trimestre de 2012 e acréscimo de 55,3% em relação ao 4T11. A receita líquida totalizou R$ 3,0 B no 4° trimestre de 2012, crescimento de 9,7% em relação ao 3° trimestre de 2012 e crescimento de 10,1% em relação ao 4° trimestre de 2011.

    O resultado corresponde a uma margem bruta de 39,7% contra 41,3% no trimestre anterior e 41,6% no quarto trimestre de 2011. Já a margem líquida ficou em 25,7% no quarto trimestre de 2012 contra 13,3% no trimestre ligeiramente anterior.

    Os ativos totais registraram o saldo de R$ 26,5 B, crescimento de 5,8% em relação ao saldo no 4T11. O patrimônio líquido atingiu a soma de R$ 11,7 B no 4° trimestre de 2012, o que representou uma variação de 11,1% em relação ao saldo no 4T11.

    Curtir

    • O resultado foi muito bom na minha opinião. O problema agora é a taxa de reajuste que a Arsesp fixou em 2,35%. Esses reajustes já estavam sendo abaixo da inflação, este então foi bem decepcionante.
      A Sabesp também tem uma meta a cumprir, diminuir o desperdício. A economia gerada em si não é retornada para a empresa diretamente e sim para o consumidor.

      Tem alguma opinião sobre ela Teztner?

      Valeu.

      Curtir

  11. Resultados do 3T12

    LUCRO LÍQUIDO DO EXERCÍCIO 361.764 (3T12) x 67.964 (3T11)

    No 3T12, a receita operacional líquida totalizou R$ 2,7 bilhões, um crescimento de 4,6% em relação ao 3T11. Os custos e despesas somados aos custos de construção, no montante de R$ 2,0 bilhões apresentaram um acréscimo de 2,3% em relação ao 3T11.

    O LAJIR avançou 11,7%, passando de R$ 646,0 milhões no 3T11 para R$ 721,8 milhões no 3T12.

    O LAJIDA passou de R$ 814,2 milhões no 3T11 para R$ 902,0 milhões no 3T12, um aumento de 10,8%. A margem LAJIDA no 3T12 atingiu 33,3%, comparativamente a 31,4% no mesmo período do ano anterior. Desconsiderando os efeitos da receita e do custo de construção a margem LAJIDA resulta em 42,4% no 3T12 (41,6% no 3T11).

    No 3T12, os custos dos produtos e serviços prestados, despesas administrativas e comerciais tiveram um acréscimo de 2,3% (R$ 45,5 milhões). A participação dos custos e despesas na receita líquida passou de 75,0% no 3T11 para 73,4% no 3T12.

    No terceiro trimestre de 2012 o índice de perdas de água manteve o mesmo comportamento do ano anterior, permanecendo estável no patamar de 26%. Com o início das contratações financiadas pela JICA, previsto para ocorrer em meados de 2013 espera-se obter uma redução mais acentuada desse indicador.

    Curtir

  12. São Paulo, 11 de outubro de 2012 – A Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo – SABESP (BM&FBovespa: SBSP3; NYSE: SBS), uma das maiores prestadoras de serviços de água e esgoto do mundo com base no número de clientes, comunica que a Agência Reguladora de Saneamento e Energia do Estado de São Paulo – ARSESP, prorrogou etapas do processo de revisão tarifária da Sabesp:

    i) ARSESP divulga a proposta de Tarifa Média Inicial (P0), Fator de Ganhos de Eficiência (X) e Estrutura Tarifária e convoca consulta pública – Etapas B4 e B5.

    ii) Realização de audiência pública sobre a Tarifa Média Inicial (P0) , Fator de Ganhos de Eficiência (X) e Estrutura Tarifária – Etapa B6

    iii) Publicação dos Resultados da Revisão Tarifária e das Tabelas de Tarifas aprovadas e fixadas pela ARSESP, aplicáveis ao Segundo Ciclo, bem como divulgação do Relatório circunstanciado sobre as contribuições da correspondente audiência pública, – Etapa B7.

    Segue a íntegra da deliberação 370 que estabelece a prorrogação:

    AGÊNCIA REGULADORA DE SANEAMENTO E ENERGIA DO ESTADO DE SÃO PAULO
    Deliberação Arsesp 370, de 08-10-2012

    Altera o cronograma das Etapas B4, B5, B6 e B7 da Deliberação ARSESP 319, de 23-03-2012, referente ao Processo de Revisão Tarifária da SABESP.

    A Diretoria da Agência Reguladora de Saneamento e Energia do Estado de São Paulo – ARSESP, com base na competência que lhe foi atribuída pela Lei Complementar 1.025, de 7 de dezembro de 2007, considerando os atrasos no fornecimento pela Concessionária das informações do Plano de Negócios e da base de remuneração dos ativos; Considerando a dificuldade de contratação pela Agência de empresa de auditoria que emitirá laudo de verificação da base de remuneração dos ativos da Concessionária, e; Considerando a necessidade de alterar o cronograma estabelecido para o Processo de Revisão Tarifária da SABESP.

    DECIDE:

    Art. 1° – Ficam prorrogadas por 30 (trinta) dias as Etapas B4, B5, B6 e B7, da Fase B, estabelecidas no artigo 2° da Deliberação ARSESP 319, de 23-03-2012.

    Art. 2° – Até o prazo de 30 (trinta) dias será publicado novo cronograma para a conclusão do Processo de Revisão Tarifária da SABESP.

    Art. 3° – Esta deliberação entra em vigor na data de sua publicação.

    Cordialmente,

    Superintendência de Captação de Recursos e Relações com Investidores

    Curtir

  13. Resultados Financeiros do 2T2012

    Lucro líquido 292,8 milhões -38,9% 2T12 x 2T11

    No 2T12, a receita operacional líquida totalizou R$ 2,5 bilhões, um crescimento de 5,8% em relação ao 2T11.

    Os custos e despesas somados aos custos de construção, no montante de R$ 1,9 bilhão apresentaram um acréscimo de 6,5% em relação ao 2T11.

    O LAJIR avançou 3,7%, passando de R$ 599,3 milhões no 2T11 para R$ 621,4 milhões no 2T12.

    O LAJIDA passou de R$ 775,5 milhões no 2T11 para R$ 798,4 milhões no 2T12, um aumento de 3,0%.

    A margem LAJIDA no 2T12 atingiu 32,3%, comparativamente a 33,1% no mesmo período do ano anterior.

    Desconsiderando os efeitos da receita e do custo de construção a margem LAJIDA resulta em 41,4% no 2T12 (41,5% no 2T11).

    Curtir

Não postar Links, nem referências à sites Externos, Emails, Telefones.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s