FHER – FERTILIZANTES HERINGER S.A.

FHER3.bmp

BMFBovespa: FHER3

A Fertilizantes Heringer S.A. é uma das companhias pioneiras na produção, comercialização e distribuição de fertilizantes, com atuação nacional e 43 anos de presença neste mercado. A companhia teve um crescimento significativo em toda sua trajetória, resultado de investimentos em novas unidades de produção, qualidade de seus produtos, atendimento diferenciado a seus clientes, ampla rede de comercialização e distribuição, acesso seguro e estável a matérias-primas, agilidade no processo decisório e posicionamento estratégico oportuno dentro de importantes mercados regionais.

A companhia estima estar entre as 3 maiores empresas de fertilizantes do Brasil, responsável por 17,2% do mercado de produção, comercialização e distribuição de fertilizantes em 2011 em termos de volume, baseado nas informações fornecidas pela ANDA.

A Heringer produz e comercializa Fertilizantes Básicos, Fórmulas NPK e Fertilizantes Especiais a produtores rurais, empresas agrícolas, empresas comerciais e cooperativas, distribuídos em 23 Estados brasileiros e no Distrito Federal. A companhia possui ampla capacidade de desenvolvimento de novos Fertilizantes Especiais por meio de seu corpo técnico, o que lhe permite atender diversos segmentos do setor de agronegócio. A base de clientes da Heringer é formada por mais de 50 mil clientes ativos, para os quais a companhia disponibiliza aproximadamente 3.000 formulações. Em 2011, a Heringer produziu e comercializou aproximadamente 4,5 milhões de toneladas de fertilizantes.

A atual capacidade de produção ajustada à sazonalidade da Heringer é de aproximadamente 6 milhões de toneladas por ano, enquanto sua capacidade de armazenamento total é de 900 mil toneladas, sendo esta medida pela quantidade máxima de matéria-prima que atualmente pode estocar em suas unidades de produção.

Adicionalmente, a companhia oferece serviços de valor agregado a seus clientes, tais como programas de análise de solo, demonstrações e palestras técnicas, suporte pré e pós venda, e orientação técnica e especializada. A Heringer disponibiliza, ainda, tecnologias geradas em seus dois centros de pesquisas, possibilitando aos seus clientes acesso às melhores técnicas agrícolas.

A Heringer opera um modelo de negócios diferenciado, de escala nacional, com diversificação adequada de suas vendas entre tipos de clientes, culturas e regiões geográficas, de forma a se proporcionar uma menor exposição aos ciclos das diversas culturas agrícolas bem como aproveitar as tendências das culturas de maior crescimento. Para execução desse modelo, a companhia busca estar presente nos principais mercados consumidores, por meio de uma ampla rede de distribuição, que atenda seus clientes de forma confiável e eficiente. Além disso, a Heringer assegura, por meio de seu longo relacionamento com fornecedores, o acesso a fontes estáveis e competitivas de matérias-primas, de forma a sustentar o seu crescimento a longo-prazo.

A companhia exerce suas atividades por meio de 20 unidades de produção estrategicamente localizadas nos Estados de São Paulo, Minas Gerais, Paraná, Espírito Santo, Sergipe, Bahia, Goiás, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul e Rio Grande do Sul. Todas essas unidades produzem, comercializam e distribuem fertilizantes para atender a diferentes culturas agrícolas brasileiras, conforme as necessidades de seus respectivos clientes. As unidades de produção da Heringer se beneficiam de localização estratégica, estando próximas aos seus principais mercados consumidores, principais fornecedores nacionais de matérias-primas, bem como das mais importantes ferrovias, rodovias e portos brasileiros, o que lhe permite uma minimização de custo logístico, carga tributária e risco de atrasos no transporte de matérias-primas e produtos acabados.

RI: ri@heringer.com.br

Site: www.heringer.com.br/ri

Anúncios

17 comentários sobre “FHER – FERTILIZANTES HERINGER S.A.

  1. A Fertilizantes Heringer S.A.
    anuncia seus Resultados do 3T15

    Viana, 12 de novembro de 2015 – A Fertilizantes Heringer (BM&FBOVESPA: FHER3) anuncia hoje os resultados do terceiro trimestre de 2015 (3T15).

    Destaques dos períodos:

    Volume entregue no 3T15 de 1,6 milhão de toneladas, 10,9% inferior ao 3T14 de 1,7 milhão de toneladas, e de 3,7 milhões de toneladas nos 9M15, 5,3% inferior aos 9M14;
    Receita líquida de R$ 2.011,9 milhões no 3T15, 9,8% superior ao mesmo período do ano passado. Nos 9M15, foi de R$ 4.589,0 milhões, 11,0% superior ao do 9M14;
    EBITDA de R$ 80,0 milhões no 3T15, 33,6% inferior ao do 3T14, e de R$ 103,2 milhões nos 9M15, inferior em 52,2% ao mesmo período de 2014;
    Despesas financeiras liquidas de R$ 384,9 milhões no 3T15 e de R$ 656,4 milhões nos 9M15 fortemente impactadas pela desvalorização cambial de 28% no 3T15 e 50% nos 9M15;
    Importante ganho com operações de hedge cambial no valor de R$ 310,3 milhões no 3T15 e R$ 435,2 milhões nos 9M15;
    Resultado líquido negativo de R$ 209,5 milhões no 3T15, ante o lucro líquido de R$ 219 mil do 3T14. Nos 9M15, o resultado líquido negativo foi de R$ 389,7 milhões, contra um resultado líquido positivo de R$ 29,7 milhões dos 9M14;
    Redução do volume das entregas dos produtos especiais de 3,4% no 3T15 e de 0,8% nos 9M15, em relação aos mesmos períodos do ano passado. Entretanto houve aumento de participação dos produtos especiais no total das entregas, evoluindo de 36% para 39% no 3T15 em relação ao mesmo período do ano anterior, e de 36% para 38% nos 9M15 em relação aos 9M14;
    Inicío das operações das novas unidades de Rio Grande no RS em setembro de 2015 e de Candeias na BA em outubro de 2015.

    Curtir

  2. A Fertilizantes Heringer S.A.
    anuncia seus Resultados do 2T14

    Viana, 7 de agosto de 2014 – A Fertilizantes Heringer (BM&FBOVESPA: FHER3) anuncia hoje os resultados do segundo trimestre de 2014 (2T14).

    Destaques do período:

    Volume entregue no 2T14 de 1.055,2 mil toneladas, 29,0% superior ao 2T13, e de 2.138,4 mil toneladas no 1S14, 18,3% superior ao 1S13;

    Recuperação do market share no 2T14 e no 1S14;

    Receita líquida de R$ 1.108,9 milhões no 2T14, 25,7% superior ao mesmo período do ano passado. No 1S14, atingiu R$ 2.302,0 milhões, 16,5% superior ao do 1S13;

    EBITDA de R$ 29,0 milhões no 2T14, 8,1% inferior ao do 2T13 e de R$ 95,4 milhões no 1S14, superior em 85,3% ao mesmo período de 2013;

    Resultado líquido negativo no 2T14 de R$ 2,6 milhões, ante os também negativos R$ 63,9 milhões do 2T13. No 1S14, o resultado líquido positivo foi de R$ 29,5 milhões contra um resultado líquido negativo de R$ 75,7 milhões do 1S13;

    Aumento do volume das entregas dos produtos especiais de 8,7% no 2T14 e de 9,2% no 1S14, em relação aos mesmos períodos do ano passado; e

    Celebração do contrato de subscrição com a OCP International Cooperative U.A (“OCP”).

    Curtir

  3. Resultados do 1º Trimestre de 2014
    LL R$ 32,11 M +370,4% x 1T13

    DESTAQUES
    * O volume de entregas no 1T14 foi de 1.083,2 mil toneladas, 10,1% superior ao 1T13, de 983,9 mil toneladas;
    * A receita líquida no 1T14 atingiu R$ 1.193,1 milhões, 9,1% superior a do 1T13, de R$ 1.093,5 milhões;
    * O EBITDA no 1T14 foi de R$ 66,4 milhões, representando uma margem de 5,6%, 232,7% superior ao do 1T13, que havia sido de R$ 19,9 milhões, com margem de 1,8%;
    * Lucro líquido de R$ 32,1 milhões no 1T14, contra um prejuízo de R$ 11,9 milhões no 1T13;
    * O volume de produtos especiais entregues no 1T14 foi de 394,2 mil toneladas, representando 36% do total, contra 35% do volume do 1T13.

    http://www.mzweb.com.br/heringer/web/download_arquivos.asp?id_arquivo=47ADD415-05CB-4C05-9C16-7CF72EDB8D2B

    Resultado Bom. Não podemos nos iludir com o percentual alto do LL. O resultado foi bom porque conseguiram transformar o prejuízo do 1T13 em Lucro no 1T14. Teria sido excelente se tivessem conseguido o mesmo percentual de crescimento vindo de lucro no período anterior, ou seja, não é o que aconteceu neste trimestre. O reverter prejuízo em Lucro demonstra trabalho e preocupação em obter resultados melhores. Destaques para crescimentos no lucro bruto (+57,4%), Lucro antes do Resultado Financeiro (+621%,6), Lucro Operacional (+332,7%) e melhoria no resultado financeiro decorrente do crescimento nas receitas financeiras e valorização na variação cambial, principais motivos na recuperação do LL neste trimestre. Por outro lado, os custos dos produtos vendidos estão altos, consumindo 86,8% da receita. É um ponto que precisa ser melhorado pela empresa se quiser lucros melhores.

    Curtido por 1 pessoa

      • Podemos concluir que as aparências podem enganar. Esta é uma empresa que está sob risco cambial, devido ao seu passivo em dólar decorrente das importações de matérias-primas. Ou seja, uma queda no câmbio poderá levar ao prejuízo novamente. É preciso acompanhar de perto e ficar atento às variações.

        Para evitar esse risco, a empresa poderia reduzir os custos, uma vez que suas receitas são altas.

        Curtido por 1 pessoa

  4. Resultado 4T13 e 2013
    LL 19MM -45% x 4T12 // LL2013 -33MM +1600% x 2012

    Volume de entregas no 4T13 foi de 1.624,5 mil toneladas, 3,8% superior ao 4T12, que foi de 1.565,7 mil toneladas. Em 2013, o volume entregue foi de 5.041,2 mil toneladas, 0,8% superior ao volume de 2012, que foi de 5.000,2 mil toneladas;
    Receita líquida do 4T13 atingiu R$ 1.682,6 milhões, 5,1%, inferior a do 4T12, que foi de R$ 1.773,0 milhões. Em 2013, a receita líquida foi de R$ 5.427,9 milhões, 1,8% superior a de 2012, que foi de R$ 5.330,7 milhões;
    O EBITDA no 4T13 foi de R$ 117,2 milhões, representando uma margem de 7,0%. Em 2013, o EBITDA foi de R$ 267,9 milhões, representando uma margem de 4,9%, superior em 8,6% ao do mesmo período de 2012, que foi de R$ 246,8 milhões;
    O lucro líquido no 4T13 foi de R$ 19,3 milhões, inferior ao do 4T12, que foi de R$ 47,7 milhões. Em 2013, o resultado líquido foi negativo em R$ 33,9 milhões, contra o resultado líquido negativo de 2012 de R$ 2,5 milhões, impactado pela variação cambial;
    Redução da dívida líquida/EBITDA de 3,1x em 2012 para 2,1x em 2013;
    Em 2013 a Companhia realizou a sua 2ª emissão de debêntures no valor de R$ 260,0 milhões;
    O volume de produtos especiais entregues no 4T13 foi de 541,0 mil toneladas, superior em 5,4% ao volume de 513,4 mil toneladas do 4T12. Em 2013, o volume foi 1.841,5 mil toneladas, superior em 0,9% ao de 2012, aumentando a participação no total de entregas de 36% para 37%;
    Inauguração da unidade de mistura em Cubatão-SP;
    Incorporação da subsidiária Logfert Transportes S.A;
    Divulgação do 2º Relatório de Sustentabilidade e adesão ao Pacto Global da Organização das Nações Unidas.

    Curtir

  5. Resultado do 3T13
    LL R$ 22,5M +1,3% x 3T12

    DESTAQUES (3T13 e 9M13)

    Volume entregue no 3T13 de 1.609,0 mil toneladas, 6,7% superior ao 3T12, e de 3.416,7 mil toneladas nos 9M13, em linha com os 9M12;

    Market Share de 15,7% no 3T13 e de 15,2% nos 9M13 e 34.426 clientes nos 9M13;

    Receita líquida de R$ 1.769,3 milhões no 3T13, 8,1% superior ao mesmo período do ano passado. Nos 9M13 atingiu R$ 3.745,3 milhões, 5,3% superior aos 9M12, que foi de R$ 3.557,6 milhões;

    EBITDA de R$ 99,2 milhões no 3T13, 145,6% superior ao do 3T12, que foi de R$ 40,4 milhões e de R$ 150,7 milhões nos 9M13, superior em 46,2% ao mesmo período de 2012, quando atingiu R$ 103,1 milhões;

    Lucro líquido de R$ 22,5 milhões no 3T13 ante o prejuízo de R$ 3,2 milhões do 3T12. Nos 9M13, o resultado líquido foi negativo em R$ 53,2 milhões contra um resultado líquido negativo de R$ 50,2 milhões dos 9M12;

    Adesão ao Pacto Global da Organização das Nações Unidas – ONU.

    Curtir

  6. Resultado do 2T13
    LL R$ 63,9M -7,2% x 2T12

    DESTAQUES (2T13 e 1S13)

    Volume entregue no 2T13 de 818,2 mil toneladas, 14,5% inferior ao 2T12, e de 1.807,6 mil toneladas no 1S13, 6,3% inferior ao 1S12;

    Market Share de 12,1% no 2T13 e de 14,9% no 1S13 e crescimento de 6,8% no número de clientes no 2T13 e de 1,4% no 1S13;

    Receita líquida de R$ 882,5 milhões no 2T13, 7,8% inferior ao mesmo período do ano passado. No 1S13, atingiu R$ 1.976,0 milhões, 2,9% superior ao do 1S12, que foi de R$ 1.920,6 milhões;

    EBITDA de R$ 31,5 milhões no 2T13, 39,3% inferior ao do 2T12, que foi de R$ 51,9 milhões e de R$ 51,5 milhões no 1S13, inferior em 17,9% ao mesmo período de 2012 quando atingiu R$ 62,7 milhões;

    Resultado líquido negativo no 2T13 de R$ 63,9 milhões ante os também negativos R$ 50,1 milhões do 2T12. No 1S13, o resultado líquido foi negativo em R$ 75,7 milhões contra um resultado líquido negativo de R$ 46,9 milhões do 1S12, impactados pela variação cambial. Resultado positivo de R$ 64,4 milhões com operações de hedge no 2T13;

    Segunda emissão de debêntures da Companhia no valor de R$ 260,0 milhões, com prazo de 42 meses e juros de DI + 3,25% aa;
    Início das atividades da unidade de Cubatão-SP.

    Curtir

  7. A Fertilizantes Heringer S.A.
    anuncia seus Resultados do 1T13

    Viana, 9 de maio de 2013 – A Fertilizantes Heringer (Bovespa FHER3) anuncia hoje os resultados do primeiro trimestre de 2013 (1T13).

    Destaques do período:

    O volume entregue foi de 983,9 mil toneladas, 1,3% superior ao volume do 1T12;
    Receita líquida do 1T13 atingiu R$ 1.088,5 milhões, 13,5% superior a do 1T12, de R$ 959,1 milhões;
    Lucro bruto de R$ 94,8 milhões, superior em 24,1% ao do 1T12, de R$ 76,4 milhões;
    EBITDA de R$ 19,9 milhões, 86% superior ao do 1T12, que foi de R$ 10,7 milhões;
    Resultado líquido negativo de R$ 11,9 milhões contra lucro líquido de R$ 3,2 milhões do 1T12;
    Os produtos especiais influenciaram diretamente a receita líquida, não só pelo volume crescente, mas também por margens melhores. No 1T13, o volume de entrega dos produtos especiais foi de 345 mil toneladas, representando 35% do total geral, participação semelhante à do 1T12, de 36%;
    A empresa tem uma expectativa para o consumo brasileiro de fertilizantes no ano de 2013 de 30,5 milhões de toneladas, que representa um acréscimo em relação a 2012 de 3,4%. A estimativa para os volumes de fertilizantes entregues ao consumidor final no primeiro semestre é de 37% e de 63% para o segundo.

    Curtir

  8. Resultados do 4T12 e 2012

    Destaques do período:

    Volume de entregas no 4T12 foi de 1.565,8 mil toneladas, 0,6% inferior ao 4T11, que foi de 1.575,4 mil toneladas. Em 2012, o volume foi de 5.000,2 mil toneladas, 2,9% superior ao volume de 2011, que foi de 4.860,7 mil toneladas;
    Receita líquida do 4T12 atingiu R$ 1.766,0 milhões, 7,1% superior a do 4T11, que foi de R$ 1.649,6 milhões. Em 2012, a receita foi de R$ 5.307,5 milhões, 12,8% superior a 2011, que foi de R$ 4.704,0 milhões;
    Os produtos especiais cresceram de 32% no 4T11 para 33% no 4T12. O volume entregue foi de 513 mil toneladas, superior em 1,8% ao volume de 504 mil toneladas do 4T11. Em 2012, o volume foi de 1.824 mil toneladas, superior em 5,7% ao de 2011, aumentando a participação no total de entregas de 35% para 36%;
    O EBITDA no 4T12 foi de R$ 143,7 milhões, representando uma margem de 8,1%, superior em 14% ao mesmo período de 2011, que foi de R$ 125,9 milhões. Em 2012, foi R$ 246,8 milhões, representando uma margem de 4,6%, em função do resultado 3T12;
    O lucro líquido no 4T12 foi de R$ 47,7 milhões, superior ao do 4T11, que foi de R$ 44,3 milhões. Em 2012, o resultado líquido foi negativo em R$ 2,5 milhões, contra um lucro líquido em 2011 de R$ 63,9 milhões, em função do resultado do 3T12.

    Curtir

  9. A Fertilizantes Heringer S.A. (Bovespa: FHER3)
    anuncia seus Resultados do 3T12

    Destaques do período:

    Volume de entregas de 1.507,4 mil toneladas no 3T12, 1,9% superior ao 3T11, que foi de 1.479,1 mil toneladas e de 3.435,9 mil toneladas nos 9M12, superior em 4,6% ao volume dos 9M11;
    Importante crescimento de 7,2% no volume de entrega dos produtos especiais no 3T12, mantendo a participação destes produtos no total das vendas em 37% e de 7,5% nos 9M12, resultando no crescimento da participação das vendas de 37% nos 9M11 para 38% nos 9M12;
    Receita líquida de R$ 1.629,7 milhões no 3T12, 12,7% superior ao 3T11 e de R$ 3.541,4 milhões nos 9M12, 15,9% superior aos 9M11;
    Lucro bruto de R$ 129,5 milhões no 3T12, representando uma margem de 7,9%, inferior à margem de 16,8% do 3T11 e R$ 320,0 milhões nos 9M12 representando uma margem de 9,0%, inferior à do 9M11;
    Queda de 2,6% nas despesas VG&A no 3T12 em relação ao 3T11 reduzindo o percentual sobre a receita líquida de 2,5% no 3T11 para 2,1% no 3T12 e nos 9M12 x 9M11 a queda foi de 3,0% e o percentual sobre a receita líquida caiu de 3,5% para 3,0%;
    EBITDA de R$ 40,4 milhões no 3T12, representando uma margem de 2,1%, inferior à margem de 11,2% do 3T11 e R$ 103,1 milhões no 9M12 representando uma margem de 2,9%, inferior à dos 9M11, ambos em função da queda da margem bruta;
    Importante redução das despesas financeiras líquidas no 3T12 comparado ao 3T11 em função da forte variação cambial e também refletida no acumulado dos 9M12 comparado aos 9M11;
    Resultado líquido negativo no 3T12 de 3,2 milhões e de 50,2 milhões nos 9M12, fortemente impactados pela queda da margem bruta e pela variação cambial.

    Curtir

  10. Resultados do 2T12

    Destaques do período:

    Volume de entregas de 957,0 mil toneladas no 2T12, 2,5% superior ao 2T11, que foi de 933,7 mil toneladas e de 1.908,4 mil toneladas no 1S12, superior em 6,8% ao volume do 1S11;

    Importante crescimento de 2,3% no volume de entrega dos produtos especiais no 2T12, mantendo a participação destes produtos no total das vendas em 41% e de 7,6% no 1S12, resultando no crescimento da participação das vendas de 38% no 1S11 para 39% no 1S12;

    Receita líquida de R$ 952,5 milhões no 2T12, 15,4% superior a do 2T11, que foi de R$ 825,0 milhões e de R$ 1.911,7 milhões no 1S12, 18,8% maior que no mesmo período de 2011;

    Expressivo EBITDA no 2T12 de R$ 51,9 milhões, representando uma margem de 5,5%, contra 2,5% do 2T11;

    Forte impacto da variação cambial nas despesas financeiras líquidas, prejudicando o resultado líquido do 2T12 e do 1S12, por conta da maior formação dos estoques da companhia no período;

    Resultado Liquido: (50.083) – 5,3% x 2T11

    Curtir

Não postar Links, nem referências à sites Externos, Emails, Telefones.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s