BEMA – BEMATECH S.A.

BEMA3.bmp

BMFBovespa: BEMA3

A Bematech é líder absoluta no segmento de tecnologia para o comércio, produzindo soluções que redefinem a experiência do consumidor no ponto de venda, através de uma plataforma integrada de equipamentos, sistemas de gestão, serviços e treinamentos, que automatizam processos e apóiam a gestão comercial.

A Companhia oferece aos seus clientes a conveniência de encontrar em um único provedor os produtos e serviços necessários para a automação comercial de seus negócios. Isso permite ao varejista otimizar os investimentos, aumentar a rentabilidade e obter maior eficiência no controle de suas operações e nas relações com clientes e fornecedores.

Em duas décadas de atuação, a Companhia vem procurando cumprir a sua missão de tornar o comércio mais eficiente por meio de soluções completas em tecnologia para as diversas áreas do varejo. Atualmente, a Bematech está presente em quase a totalidade das verticais varejistas, em lojas de alimentação, vestuário, cosméticos, materiais de construção, eletro magazines, farmácias, supermercados, postos de combustíveis, hotéis, bares e restaurantes, que se encontram em diferentes estágios de desenvolvimento e porte.

Com distribuição abrangente, as soluções da Bematech podem ser encontradas em mais de 400 mil pontos de venda. A Companhia atua por meio de sua área corporativa – que possui equipe própria para atendimento a médios e grandes varejistas – e por meio de um operador logístico responsável pela venda e entrega de produtos para cerca de 5 mil revendas. A empresa conta ainda com profissionais focados em desenvolvimento de negócios, responsáveis por um grupo de revendas selecionadas, que, entre outros diferenciais, possuem perfil para a venda consultiva de soluções.

Por meio de suas impressoras, a Bematech está presente em 51,5% dos checkouts dos estabelecimentos automatizados. No licenciamento de software, a Companhia também detém parcela significativa do mercado brasileiro de aplicativos para gestão do comércio. A empresa possui, ainda, presença significativa na prestação de serviços. Mais de 300 assistências técnicas fazem parte de sua rede credenciada e conta com laboratório especializado na prestação de serviços e manutenção de equipamentos. Em 2009 a Companhia foi inclusive credenciada pela líder mundial SGS com a certificação ISO 9001:2008, para a atividade de prestação de serviços de assistência técnica em equipamentos de automação comercial e eletrônicos, incluindo operação logística, manutenção em campo e reparos em laboratório.

Reconhecida por sua característica inovadora, a Bematech possui quatro centros de excelência em P&D e conta com aproximadamente 1.000 colaboradores, entre Brasil, China, Taiwan e EUA. A estruturação de uma operação internacional sólida e com foco permite à Companhia ficar conectada aos principais mercados mundiais, de olho nas mais avançadas tecnologias de gestão para o varejo.

RI:  ri@bematech.com.br

Site:  http://www.bematech.com.br/ri

BEMA3_Org.bmp

Anúncios

55 comentários sobre “BEMA – BEMATECH S.A.

  1. Após anúncio da reorganização societária com a TOTVS, Bematech finaliza o 3T15 com crescimento de receita e evolução da recorrência

    Destaques do Período:

    A receita líquida total da Companhia atingiu R$ 112,6 milhões, 1,6% superior ao 3T14 e 6,8% em relação ao 2T15. Já receita recorrente evoluiu no 3T15 9,8% em comparação ao 3T14, atingindo 31,1% da receita líquida total da Companhia. Se comparado com o 2T15 o aumento foi de 2,7%.
    Em relação as verticais receita líquida (Varejo, Food Service e Hospitality) registrou R$ 49,1 milhões, 1,0% de crescimento tanto em relação 3T14 com sobre o 2T15, enquanto as ofertas cross somaram R$ 63,5 milhões de receita líquida, 2,0% superior ao 3T14 e 11,6% acima do apresentado no 2T15.
    Houve despesas não-recorrentes no valor de R$ 5,3 milhões, dado a redução da estrutura e reorganização societária junto a TOTVS.
    O EBITDA atingiu R$ 9,1 milhões, 61,7% abaixo sobre o 3T14 e com margem de 8,1%, 13,4 p.p. abaixo do 3T14. Enquanto o EBITDA ajustado, que desconsidera as despesas não recorrentes, atingiu R$ 14,5 milhões e margem de 12,9%.
    O lucro líquido no 3T15 registrou R$ 5,3 milhões, 65,5% inferior ao alcançado no 3T14 e com margem líquida de 4,7%, 9,2 p.p. abaixo em comparação ao 3T14. Se ajustado pelas despesas não recorrentes o lucro líquido teria sido R$ 8,8 milhões, atingindo margem líquida de 7,8%.
    O caixa gerado nas atividades operacionais no 3T15 atingiu R$ 14,1 milhões enquanto que no 3T14 foi de R$ 24,2 milhões.
    Reorganização societária com a TOTVS aprovada em 3 de setembro pelos acionistas e em 22 de outubro pelo CADE.

    Curtir

  2. TOTVS compra Bematech
    Acionistas receberão 9,35 por ação + 0,0434 ações da TOTS.

    REORGANIZAÇÃO SOCIETÁRIA

    A reorganização societária será submetida à aprovação das assembleias de acionistas de ambas as companhias e à aprovação do Conselho Administrativo de Defesa Econômica (CADE). Uma vez aprovada, a reorganização será implementada por meio de incorporação de ações de Bematech por uma subsidiária integral TOTVS (Makira II) e, concomitantemente, pela incorporação dessa subsidiária pela TOTVS, resultando na migração da base acionária da Bematech para a TOTVS.

    Os acionistas da Bematech que aderirem à reorganização receberão em troca de suas ações R$9,35 (ex-dividendos) e 0,043421048 ações TOTVS ON (TOTS3). Esses montantes não contemplam o valor de R$0,1585, que será distribuído a título de dividendos intermediários aos acionistas da Bematech.

    Essa reorganização societária resultará em uma operação combinada com receita líquida de R$ 2,2 bilhões em 2014.

    Curtido por 2 pessoas

  3. Bematech divulga resultado 2T15

    A Bematech (BEMA3) divulgou para o 2T15 receita líquida de R$105,43 milhões (0,9% superior ao do 2T14) e lucro líquido de R$7,99 milhões (-42,4% ante ao 2T14). No acumulado do semestre, a receita líquida registrou R$203,49 milhões (+1,8% em relação ao 1S14) e lucro líquido de R$18,58 milhões (resultado 29,2% inferior ao do 1S14).

    O EBITDA (lucros antes dos juros, impostos, depreciação e amortização) do 2T15 foi de R$15,25 milhões (-29,1% em relação ao 2T14). No 1S15, o EBITDA registrado foi de R$31,13 milhões (-24,0% ante ao 1S14). O total de despesas da companhia no 2T15 foi 1,9% inferior ao registrado no 2T14, registrando R$32,81 milhões.

    No 2T15 os investimentos somaram R$ 6,8 milhões, correspondentes a 6,5% da receita líquida total da companhia, superior aos R$ 3,6 milhões investidos no 2T14. Já o montante de despesas com pesquisa e desenvolvimento no 2T15 totalizou R$ 1,9 milhão contra R$ 1,2 milhão no 2T14.

    Curtir

  4. 1T15

    LL 10,6MM -14,4%x1T14

    No 1T15 a Bematech apresenta, pela primeira vez, seus resultados por verticais de atuação, destacando a receita recorrente. A receita líquida cresceu 2,7% e a receita recorrente 11,6%, quando comparados ao 1T14

    Destaques
    • A receita líquida das verticais registrou R$ 45,7 milhões, 13,2% superior ao 1T14, enquanto as ofertas cross, vendas realizadas via canais, somaram R$ 52,3 milhões de receita líquida, 5,0% inferior ao 1T14. Sendo assim, a receita líquida total da Companhia foi de R$ 98,1 milhões, 2,7% superior ao 1T14;

    • A receita recorrente das verticais cresceu nesse trimestre 12,1% se comparado ao 1T14, atingindo 58,8% de sua receita líquida. Nas ofertas cross o crescimento da recorrência foi de 9,0% em relação ao mesmo período de 2014, representando 10,2% de sua receita;

    • O realinhamento da estrutura organizacional da Companhia orientada à verticais de atuação foi finalizada e, consequentemente, foi iniciada a simplificação da estrutura de custos das verticais e ofertas cross , em linha com o planejamento estratégico definido;

    • O EBITDA atingiu R$ 15,9 milhões, 19,4% menor que o 1T14 e com margem de 16,2%, 4,4 p.p. abaixo do 1T14, frente a um crescimento menor, dado um cenário restritivo, e o início da simplificação da estrutura;

    • A Companhia obteve lucro líquido de R$ 10,6 milhões no 1T15, 14,4% abaixo do registrado no 1T14 e com margem líquida de 10,8%, 2,1 p.p. inferior quando comparado ao 1T14;

    • O caixa gerado nas atividades operacionais no 1T15 foi impactado pelo aumento no contas a receber, resultando em R$ 13,2 milhões enquanto que no 1T14 atingiu R$ 16,3 milhões. O ciclo operacional (contas a pagar, contas a receber e estoques) no 1T15 melhorou dois dias se comparado ao ciclo do 1T14.

    Curtir

    • No 1T15 a Bematech passou a apresentar seus resultados conforme realinhamento da estrutura organizacional orientada à verticais de atuação (Varejo, Food Service, Hospitality), e oferta cross, compostas por equipamentos, soluções fiscais, meios de pagamentos e serviços.

      O lucro líquido do 1T15 somou R$ 10,6 milhões, uma queda de 14,4% ante o 1T14 (e 7,2% abaixo de nossa projeção), refletindo um ambiente de negócios mais difícil neste início de ano e investimentos com a referida mudança de abordagem, antes focada em produtos (Hardware, Softwares e Serviços), e agora focada em seus mercados de atuação. O destaque positivo foi o aumento da receita recorrente em todos os negócios, atingindo R$ 32,1 milhões no 1T15, 11,6% acima do 1T14, em função do constante lançamento de novos produtos e avanço de vendas de soluções completas para clientes corporativos.

      A receita das verticais totalizou R$ 45,7 milhões, sendo 58,8% receita recorrente, que evoluiu 13,2% sobre o 1T14. A participação das receitas das verticais sobre a receita líquida total cresceu de 42,3% no 1T14 para 46,6% no 1T15. Contudo, a margem bruta das verticais foi de 36,7%, 3,7 p.p. menor que no 1T14, fruto de ajustes que estão sendo realizados na redefinição da estrutura de custos, os quais que representam maior impacto no curto prazo.

      A receita líquida das vendas via canais foi mais afetada no 1T15, totalizando R$ 52,3 milhões, 5% abaixo do 1T14. Isso foi devido à sazonalidade típica do trimestre, a qual no ano passado foi irregular devido aos preparativos da Copa do Mundo, e à deterioração da situação macroeconômica interna (impactou as vendas, sobretudo em jan/15 e fev/15, com mar/15 mostrando uma melhora) fazendo com que o pequeno varejo adiasse novos investimentos. Ponto positivo é que a receita recorrente evoluiu 9% para R$ 5,3 milhões no período, embora a margem bruta tenha recuado 2,8 p.p., para 39,7%.

      Os custos cresceram 8,6% no período, para R$ 60,5 milhões, com a margem bruta recuando de 41,6% para 38,3%, uma vez que os custos fixos, notadamente os de estrutura, foram os que mais cresceram em face do início da revisão e simplificação da estrutura das verticais e ofertas cross. Já as despesas totais cresceram menos, +4,8% sobre o 1T14, somando R$ 30,8 milhões no 1T15, dados os investimentos no fortalecimento da nova estrutura de vendas em verticais e para soluções fiscais, não existentes no 1T14, mudanças de escritório nas unidades do Rio de Janeiro e Minhas Gerais, além de dissídio.

      Neste contexto, o EBITDA recuou para R$ 15,9 milhões no 1T15, 19,4% abaixo do 1T14, com a margem reduzindo 4,7 p.p., para 16,2%.

      O Capex totalizou R$ 5,1 milhões no 1T15 (5,2% da ROL e acima dos R$ 3,8 milhões no 1T14), sendo 73% destinados ao desenvolvimento de novos produtos e 27% à manutenção. Já os gastos em P&D somaram R$ 1,1 milhão no 1T15, acima dos R$ 900 mil no 1T14.

      A companhia segue com confortável situação financeira, tendo fechado o 1T15 com uma dívida financeira bruta de R$ 76,3 milhões (BNDES, debêntures) e caixa líquido de R$ 28,1 milhões.

      Curtir

Não postar Links, nem referências à sites Externos, Emails, Telefones.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s