CPLE – CIA PARANAENSE DE ENERGIA – COPEL

BMEFBovespa: CPLE3 ; CPLE5 ; CPLE6

A Copel foi criada em outubro de 1954, é a maior empresa do Paraná e atua com tecnologia de ponta nas áreas de geração, transmissão e distribuição de energia, além de telecomunicações.

Opera um abrangente e eficaz sistema elétrico com parque gerador próprio de usinas, linhas de transmissão, subestações, linhas e redes elétricas do sistema de distribuição e um moderno e poderoso sistema óptico de telecomunicações que integra as principais cidades do Estado.

Efetua em média, mais de 70 mil novas ligações a cada ano, atendendo praticamente 100% dos domicílios nas áreas urbanas e passa de 90% nas regiões rurais.

Comprometida com o bem-estar e o desenvolvimento, a empresa não se limita em levar somente energia elétrica à população.

Está presente no dia-a-dia dos paranaenses ao promover o crescimento sócio-econômico, responsabilidade ambiental e o desenvolvimento sustentável.

Pioneira no Brasil em estudos e relatórios de impacto ambiental na construção de usinas hidrelétricas, a Copel vem ao longo dos anos praticando importantes ações e programas nessa área, que atestam o seu compromisso com o desenvolvimento sustentável.

Adotou as diretrizes GRI – Global Reporting Initiative – na elaboração do seu Relatório Anual e o principal resultado é a percepção e confiança do mercado, que se refletem no aumento do valor real de uma empresa.

A Copel tem suas ações negociadas nas bolsas de valores de São Paulo, Nova Iorque e Madri, sendo referência internacional em sustentabilidade social e ambiental.

http://www.copel.com/hpcopel/ri/

Anúncios

11 comentários sobre “CPLE – CIA PARANAENSE DE ENERGIA – COPEL

  1. Em 03/jul/14, a companhia informou que seu Conselho de Administração aprovou propor à Aneel reajuste médio de 24,86%, retroativo à data de 24/jun/14 – quando deveria ter sido aplicado novo patamar de tarifas na área de concessão da empresa, e diferimento do percentual remanescente no próximo reajuste tarifário da empresa (jun/15). A proposta ainda será analisada e posteriormente poderá ser aprovada pela Aneel.

    Curtido por 1 pessoa

  2. Resultado 1T14
    LL 583 M +46% x 1T13

    Destaques
    O lucro líquido no 1T14 totalizou R$ 583,1 milhões, valor 46,3% maior ao registrado no 1T13;
    A receita líquida registrou crescimento de 28,2%;
    O LAJIDA alcançou R$ 858,6 milhões no 1T14, 29,1% maior que o registrado no 1T13;
    O fornecimento de energia cresceu 6,6% no período;

    http://www.copel.com/hpcopel/root/sitearquivos2.nsf/arquivos/elp1T14/$FILE/elp1T14.pdf

    Excelente resultado, aumento nas receitas decorrentes do repasse dos reajustes, aumento na venda para o mercado de curto prazo e maior crescimento na base de clientes.

    Curtir

  3. Resultados 4T13 e 2013

    LL R$ 178,2 M +282% x 4T12 / LL R$ 1.101 M +51,6% x 2012
    Resultado

    No quarto trimestre de 2013, a COPEL obteve lucro líquido de R$ 178,2 milhões. A receita atingiu R$ 2.444,0 milhões no período e o LAJIDA (Lucro Antes de Juros, Depreciação e Amortização) foi de R$ 262,3 milhões.

    Efeitos de CVA
    Caso os ativos e passivos regulatórios fossem contabilizados, o efeito bruto do movimento da Conta de Compensação da “Parcela A” (CVA) sobre o LAJIDA da COPEL Distribuição seria positivo em R$ 297,7 milhões no 4T13 (ante R$ 40,2 milhões positivo no 4T12). Para mais detalhes, consulte a Nota Explicativa 37 de nossas Demonstrações Financeiras Padronizadas (DFPs).

    Recursos da CDE O governo brasileiro emitiu o Decreto nº 7.945/2013 o qual prevê o repasse de recursos da CDE às concessionárias de distribuição para cobrir os custos decorrentes: (a) da exposição no mercado de curto prazo, limitado ao montante não atendido pela alocação de quotas; (b) do risco hidrológico das quotas; (c) do Encargo de Serviços do Sistema – ESS (despacho de usinas térmicas por segurança energética); (d) do resultado positivo da Conta de Compensação de Variação de Valores de Itens da Parcela A – CVA nos processos tarifários realizados nos doze meses subsequentes à data de 8 de março de 2013. Os valores aportados pela CDE foram reconhecidos como ressarcimento de custos de energia e encargos de uso da rede, conforme detalhado nas Notas Explicativas 31.1 e 31.2 das nossas DFPs. Ao longo de 2013, a Companhia recebeu R$ 827,4 milhões em recursos da CDE, sendo (a) R$ 294,1 milhões referentes à compensação de custos com energia, (b) R$ 319,6 milhões referentes à compensação de custos com encargos, e (c) R$ 213,7 milhões para a cobertura dos descontos incidentes sobre as tarifas, conforme previsto pela Decreto nº 7.891/2013.

    Programa de Investimentos
    Em 2014, a COPEL pretende realizar investimentos no montante de R$ 2,6 bilhões, sendo que metade dos investimentos programados destina-se às obras de geração e transmissão de energia elétrica, incluindo a construção dos sete parques eólicos recentemente adquiridos e a participação em oito empreendimentos de transmissão (SPEs) já em andamento. No segmento de Distribuição, estão planejados investimentos de R$ 896 milhões em execução de obras de melhoria, modernização, ampliação e reforço do sistema de distribuição de energia elétrica no Paraná. Os valores aprovados pelo Conselho de Administração da COPEL não contemplam eventuais aquisições ou novas obras que venham a ser conquistadas em leilões promovidos pela ANEEL, nem outros investimentos a serem realizados pelas empresas coligadas e controladas

    Curtir

  4. Resultado 3T13
    LL 273M -14,5% x 3T12

    -> Receita Operacional Líquida (R$ milhões) 2.255M +10,5% x 3T12
    -> Resultado Operacional (R$ milhões) 399 -14,8% x 3T12
    -> Lucro Líquido (R$ milhões) 273 -14,5% x 3T12
    -> LPA (Lucro Líquido por ação) – R$ 1,00 -14,5% x 3T12
    -> LAJIDA (R$ milhões) 463 -6,1% x 3T12
    -> Rentabilidade do Patrimônio Líquido (anualizada) 9,1% -17,1% x 3T12
    -> Fornecimento de Energia Elétrica (GWh) 6.727 +10,7% x 3T12

    Curtir

  5. Resultados do 1º Semestre de 2012

    O lucro líquido no 2T12 foi de R$ 184,9 milhões

    1S12
    Receita Operacional Líquida: R$ 4.056 milhões.
    Resultado Operacional: R$ 700 milhões.
    Lucro Líquido: R$ 505 milhões.  
    LPA (Lucro Líquido por Ação): R$ 1,84.
    LAJIDA (lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização): R$ 964 milhões.
    Rentabilidade do Patrimônio Líquido: 4,2% no período.
    Crescimento no fornecimento de energia elétrica: 5,5%.

    Curtir

Não postar Links, nem referências à sites Externos, Emails, Telefones.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s