AMAR – MARISA LOJAS S.A.

AMAR3

BMFBovespa: AMAR3

A Marisa S.A é a maior rede de lojas especializada em moda feminina e moda íntima feminina e uma das maiores redes de lojas de departamento de vestuário feminino, masculino e infantil do Brasil. A Companhia foca sua estratégia e atuação em mulheres entre 20 e 35 anos de idade da Classe C, que é a maior classe social do Brasil, de acordo com a ABEP. A Marisa desenvolve e comercializa sob sua marca corporativa “Marisa” e outras marcas consagradas, uma ampla variedade de produtos de qualidade, de acordo com as últimas tendências da moda, segmentados por estilo de vida e a preços atrativos.

Com mais de 60 anos de experiência, conhecendo e acompanhando as necessidades do público-alvo da Companhia, a Marisa construiu uma relação de cumplicidade e intimidade com a mulher brasileira. A marca “Marisa”, associada ao reconhecido slogan “De Mulher para Mulher”, possui forte reputação com o público feminino e uma identificação com os desejos e necessidades de seu público-alvo, que a Companhia acredita ser única no mercado brasileiro. A “Marisa” é nacionalmente conhecida como uma marca jovem, moderna e sensual. A Companhia é a primeira escolha da mulher brasileira da Classe C que quer acompanhar os últimos lançamentos da moda íntima e adquirir produtos de qualidade a preços atrativos, segundo pesquisas da InterScience.

A Companhia acredita que existe um grande potencial de crescimento no setor em que atua, em especial face (i) às condições macroeconômicas favoráveis no Brasil, tais como a maior disponibilidade de crédito à população da Classe C aliada à contínua queda das taxas de juros; (ii) à ascensão da mulher no mercado de trabalho brasileiro e o conseqüente aumento do seu poder de compra, gerando gastos crescentes com o consumo de vestuário; (iii) à tendência de redução do mercado informal e consolidação do setor, altamente fragmentado; e (iv) à crescente inclusão da Classe C na era digital, o que possibilita um maior volume de compras pela internet.

A Marisa acredita que sua liderança junto ao público feminino da Classe C, presença nacional, loja virtual e disponibilidade de crédito por meio do Cartão Marisa são características únicas, que lhe colocam em posição privilegiada para se beneficiar do potencial de crescimento do setor varejista de vestuário, levando a Companhia a consolidar sua participação em todas as regiões brasileiras.

Hoje, a Marisa tem presença em todas as regiões brasileiras e forte posição competitiva, por meio de quatro centros de distribuição estrategicamente localizados próximos aos maiores centros consumidores do Brasil.

RI:  dri@marisa.com.br

Site:  http://www.marisa.com.br/RI/

AMAR_DR

AMAR_RLT

AMAR_var

AMAR_mgb

AMAR_car

AMAR_tkm

AMAR_ebitda

AMAR_DIV

Anúncios

20 comentários sobre “AMAR – MARISA LOJAS S.A.

  1. MARISA LOJAS: LUCRO LÍQUIDO CAI 61,8% NO 4TRI15 ANTE O 4TRI14, PARA R$ 16,7 MILHÕES

    São Paulo, 25/02/2016 – A Marisa Lojas reportou lucro líquido de R$ 16,7 milhões no quarto trimestre de 2015, o que representa um recuo de 61,8% frente aos R$ 43,8 milhões apurados no mesmo período de 2014. Em 2015, a rede de varejo de moda registrou prejuízo líquido de R$ 35,8 milhões, contra ganhos de R$ 51,1 milhões no ano anterior.

    O Ebitda (lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização) consolidado da Marisa ficou em R$ 108,9 milhões entre outubro e dezembro do ano passado, queda de 25,6% na comparação anual. No acumulado do ano, o indicador fechou em R$ 275,9 milhões, piora de 28,8%. O Ebitda da atividade de varejo ficou em R$ 55,5 milhões no final de 2015, recuo de 43,1%. Já a área de produtos e serviços financeiros (PSF) da companhia teve Ebitda de R$ 53,4 milhões, crescimento de 9,3% em 12 meses.

    A receita líquida da Marisa Lojas no quarto trimestre ficou em R$ 791,1 milhões, 9,1% a menos que o apurado no mesmo período de 2014. No ano, o indicador somou R$ 2,482 bilhões, recuo de 4,6%. A empresa apurou lucro bruto de R$ 353,3 milhões no varejo entre outubro e dezembro, queda anual de 17,1%. No ano, os ganhos brutos somaram R$ 1,159 bilhão, queda de 6,1%. A Marisa fechou 2015 com 409 lojas, ante 416 em 2014.

    A dívida líquida da Marisa caiu 14,5% em 12 meses, para R$ 524,6 milhões. Mesmo assim, a alavancagem da companhia, medida pela relação dívida líquida/Ebitda, subiu de 1,59 vez no quarto trimestre de 2014 para 1,9 vez no final de 2015. (Renato Carvalho)

    Curtir

  2. Marisa – Anuncia aumento de 21% no EBITDA Consolidado no 3T15

    São Paulo, 27 de outubro de 2015 – A Marisa Lojas S.A. (BM&FBovespa: AMAR3; Bloomberg: AMAR3 BZ) anuncia hoje os resultados do 3º trimestre de 2015 (3T15).

    Receita Líquida da operação de varejo com variação de -1,4%, e de -2,4% em mesmas lojas;
    Margem Bruta de varejo novamente com crescimento: +2,5 pp, passando de 42,3% no 3T14 para 44,8%;
    SG&A de varejo com redução nominal de 1,2%; SG&A de lojas menor em 3,2%;
    EBITDA de Varejo alcançou R$ 10,0 milhões positivos contra R$ 3,1 milhões negativos no 3T14;
    Geração Operacional de Caixa no 9M15 alcançou R$ 55,0 milhões, contra ao R$ 116,3 milhão negativos no 9M14;
    Estoques tiveram redução de 5,1%;
    Perdas do cartão Private Label apresentaram queda de 26,1%.

    Curtir

  3. Marisa – Lucro Líquido cresce 73% e alcança R$ 44,5 milhões no 4T14

    São Paulo, 12 de fevereiro de 2015 – A Marisa Lojas S.A. (BM&FBovespa: AMAR3; Bloomberg: AMAR3 BZ) anuncia hoje os resultados do 4º trimestre de 2014 (4T14).

    Para acessar o Earnings Release na íntegra, clique aqui.

    Para acessar a ferramenta de Fundamentos e Planilhas, clique aqui.

    EBITDA aumenta 56,0%;
    Margem Bruta de Varejo cresce 2,7 pp, para 49,0%;
    Despesas SG&A de varejo foram reduzidas em 1,5% e representaram 39,3% da ROL de Varejo;
    Operação de Serviços Financeiros novamente com sólidos resultados;
    Abertura de 3 novas lojas;
    Novo formato de Alocação de Despesas.

    Curtir

  4. Resultados do 1º Trimestre de 2014
    LL R$ 13,75 M +57,3% x 1T13

    DESTAQUES

    * EBITDA cresce 44,6% e alcança R$ 103 milhões no 1T14
    * Lucro Líquido aumenta 57,3% no 1T14
    * A Receita Líquida Consolidada cresceu 11,0%
    * Margem Bruta de Varejo foi de 50,2%, evolução de 1,4 p.p. (ex-INSS)
    * A margem EBITDA consolidada foi 14,8%, aumento de 3,4 p.p.
    * Aquisição de 20% da Netpoints
    * Abertura de 3 novas lojas no 1T14 e reforma de 4 lojas

    http://ri.marisa.com.br/marisa/web/download_arquivos.asp?id_arquivo=E6D8E3DF-58CC-4F5B-BB33-0D02F602D836

    Resultado Excelente. Crescimento nos indicadores de receita e lucro. Destaque para o ótimo crescimento do lucro operacional: 75,7%, para o baixo custo das mercadorias e serviços: 2,7% e baixo crescimento em despesas operacionais: 13,3%. Tiveram aumento de 63,7% nas despesas financeiras, mas não comprometeu o resultado final. O Ótimo desempenho gerou um crescimento final no LL de 57,3%.

    Curtido por 1 pessoa

  5. RESULTADOS DO 4º TRIMESTRE DE 2013

    LL R$ 25,7 M -77,8% / R$ 85,5 M -62,8% x 2012

    Marisa – Receita Líquida cresce 7,2% no 4T13
     A Receita Líquida de Varejo cresceu 7,6%
     A Receita da Sax evoluiu 65,2%
     Relançamento do Marisa Card aumentou 3,8 pp na penetração do Private Label no total das Vendas
     Abertura de 18 novas lojas no 4T13 e 39 em 2013
     Níveis de inadimplência e rolagem sob controle e em menores níveis recentes
     Inauguração do novo CD – Início da Preparação para operação Push & Pull

    Curtir

  6. Resultados do 3T13

    LL R$ 12,3M -81,5% x 3T12

    Marisa anuncia Receita Líquida de R$ 722,5 milhões no 3T13
     Produtos Financeiros: crescimento robusto da carteira contribuiu para o resultado consolidado
     Resultado consolidado: Receita líquida reduziu 1,0%
     Forte Controle das Despesas: Despesas com Vendas, Gerais e Administrativas por m²: -2,0%
     Abertura de 9 novas lojas no 3T13 e 21 no 9M13.

    Receita Líquida 722,5 M -1,0% x 3T12

    Receita Líquida: a receita líquida caiu 5,7%, alcançando R$ 577,7 milhões.
    Custo de Mercadorias Vendidas: o custo de mercadorias vendidas subiu 3,8%, atingindo R$ 325,9 milhões. Esse aumento é decorrente: (i) da inflação do período e; (ii) da alteração do mix de produtos vendidos.
    Lucro Bruto: o lucro bruto reduziu 15,7%, totalizando R$ 251,8 milhões e a margem bruta caiu 5,2 p.p. em relação ao 3T12.

    Despesas com Vendas: as despesas com vendas cresceram 7,4%, alcançando R$ 202,5 milhões, inferior ao crescimento de área média mais a inflação do período (11,4% e 5,86%, respectivamente).

    Despesas Gerais e Administrativas: as despesas gerais e administrativas alcançaram R$ 29,2 milhões, aumento de 16,7%, em decorrência do reajuste dos salários em 7,9% e de R$ 2,5 milhões decorrente de novas etapas de projetos de consultoria e de tecnologia de informação.

    Resultado Operacional (EBITDA): o resultado operacional diminuiu em 71,6%, atingindo R$ 24,1 milhões e a margem EBITDA caiu 9,7 p.p., para 4,2%. Essa redução é resultado da combinação dos fatores explicados anteriormente, da variação das vendas, da redução de margem bruta e do aumento das despesas como percentual da receita líquida.

    Curtir

  7. Resultado do 2T13
    LL R$ 38798M -18,5% x 2T12

    Resultado consolidado: Crescimento de 6,6% na receita líquida consolidada, performance sólida garantida pela complementariedade das operações de varejo e produtos financeiros.

    Varejo: crescimento de 2,3% nas vendas com controle criterioso de custos e despesas, com aumento de somente 1,1% nas despesas SG&A/m².
    Produtos Financeiros: crescimento robusto na carteira com controle da inadimplência.
    Estratégia de expansão: abertura de 9 novas lojas no 2T13, totalizando 12 novas aberturas no 1S13.
    Estrutura de capital: Dívida líquida / EBITDA de 1,2x e Dívida líquida/Capital Total de 37%, apesar do aumento do Capex.
    Estratégia de otimização de alavancagem e de estrutura de capital
    Estrutura alvo: Dív. Líquida de ~1x EBITDA e; Dívida Líq. em ~40% do capital total

    * Expansão Geográfica – Abertura de Lojas: Em relação ao nosso plano de abertura de lojas, foram abertas 9 novas lojas no 2T13.
    * Projeto Mais por m2 – Introdução de Setor de Calçados nas nossas Lojas: No 2T13, incluímos o setor de calçados em mais 72 lojas existentes e em 7 novas lojas que foram inauguradas totalizando 343 lojas mais a loja virtual com o setor de calçados ao final do 2T13.
    * Projeto Mais pela Margem: No final de 2012, iniciamos nosso programa para recuperação da Margem Bruta de Varejo. Desta forma, focamos na revisão da cadeia de suprimentos, na gestão de estoques e na gestão de logística.

    Receita Líquida Varejo: cresceu 2,3%, alcançando R$ 594,5 milhões.

    Custo de Mercadorias Vendidas: subiu 6,4%, atingindo R$ 304,3 milhões.

    Lucro Bruto: reduziu 1,8%, totalizando R$ 290,2 milhões e a margem bruta caiu 2,0 p.p. em relação ao 2T12.

    Despesas com Vendas: cresceram 11,3%, alcançando R$ 208,1 milhões, inferior ao crescimento de área média mais a inflação do período (10,2% e 6,24%, respectivamente).

    Despesas Gerais e Administrativas: alcançaram R$ 27,0 milhões, aumento de 12,4%, principalmente em decorrência de R$ 3,5 milhões de despesas não-recorrentes.

    Outras Receitas (Despesas) Operacionais: foram de R$ 5,5 milhões, equivalentes a 0,9% da receita líquida de varejo

    Resultado Operacional (EBITDA): diminuiu em 26,0%, atingindo R$ 60,6 milhões e a margem EBITDA caiu 3,9 p.p., para 10,2%.
    Marisa Lojas S.A. – Resultados 2T13 12 de agosto de 2013

    Endividamento Líquido e Resultado Financeiro Líquido: Encerramos o 2T13 com endividamento líquido de R$ 638,7
    milhões, 30,6% acima do 2T12.

    Resultado Financeiro Líquido: foi despesa líquida de R$ 28,0 milhões, aumento de 43,1%.

    Curtir

  8. RESULTADO DO 1T13:
    LL R$ 8746M +2165,8% x 1T12

    Marisa – Receita Líquida cresce 21% e EBITDA 34% no primeiro de trimestre de 2013. Crescimento de 12,8% nas vendas em lojas comparáveis e 20,9% nas vendas totais. Ganho na margem bruta consolidada de 1,5 p.p. Acréscimo de 33,9% do EBITDA consolidado, Abertura de 3 lojas no 1T13

    * Projeto Mais por m2: Introdução do setor de Calçados em mais 62 lojas no final de março, totalizando 264 lojas
    * Projeto Mais pela Margem: Aumento de 2,5 p.p na margem Bruta de Varejo
    * Expansão Geográfica – Abertura de Lojas: Em relação ao nosso plano de abertura de lojas, mantemos nossas projeções iniciais de 51 novas lojas em 2013.
    * Projeto Mais por m2 – Introdução de Setor de Calçados nas nossas Lojas: No 1T13, incluímos o setor de calçados em mais 59 lojas existentes e em 3 novas lojas que foram inauguradas, totalizando, ao final do 1T13, 264 lojas mais a loja virtual com o setor de calçados.
    * Projeto Mais pela Margem: No final de 2012, iniciamos nosso programa para recuperação da Margem Bruta de Varejo. Desta forma, focamos na revisão da cadeia de suprimentos, na gestão de estoques e na gestão de logística.

    RECEITA LÍQUIDA: cresceu 19,2%, alcançando R$ 483,7 milhões. No conceito mesmas lojas, a receita líquida apresentou aumento de 12,8%.
    CUSTO DAS MERCADORIAS VENDIDAS: subiu 13,7%, atingindo R$ 247,7 milhões.
    LUCRO BRUTO: cresceu 25,5%, totalizando R$ 236,1 milhões e a margem bruta aumentou 2,5 p.p. em relação ao 1T12.
    DESPESAS COM VENDAS: as despesas com vendas cresceram 21,6%, alcançando R$ 194,0 milhões.
    DESPESAS GERAIS E ADMINISTRATIVAS: alcançaram R$ 29,3 milhões, aumento de 13,7%.
    OUTRAS RECEITAS (DESPESAS) OPERACIONAIS: foram de R$ 1,1 milhão, equivalentes a 0,2% da receita líquida de varejo.
    RESULTADO OPERACIONAL (EBITDA): cresceu 13,1%, atingindo R$ 11,6 milhões e a margem EBITDA caiu 0,1 p.p., para 2,4%.
    ENDIVIDAMENTO LÍQUIDO: Encerrou o 1T13 com R$ 677,9 milhões, 35,14% acima do 1T12.
    RESULTADO FINANCEIRO LÍQUIDO: foi despesa líquida de R$ 21,6 milhões, redução de 16,5%.

    Curtir

  9. Resultados 4T12 e 2012

    Marisa – Lucro Líquido cresce 219% e EBITDA 80% no 4T12

    Destaques do período:

    • Crescimento de 14,1% nas vendas em lojas comparáveis e 22,7% nas vendas totais
    • Ganho na margem bruta consolidada de 3,4 p.p. para 51,2%
    • Aumento na margem bruta de varejo de 1,0 p.p para 51,8%
    • Acréscimo de 80,1% do EBITDA consolidado e de 68,6% do EBITDA das Operações de Varejo
    • Abertura de 32 lojas em 2012
    • Projeto Mais por m2
    – Introdução do setor de Calçados em mais 77 lojas no período, totalizando 202 lojas
    – 310 lojas com realocação da área de vendas, privilegiando categorias com maior venda por m2
    • Plano de Eficiência
    – Diluição de 2,9 p.p das Despesas com Gerais, Administrativas e de Vendas em relação à Receita Líquida Consolidada

    Curtir

  10. RESULTADOS DO 3º TRIMESTRE DE 2012

    São Paulo, 31 de outubro de 2012 – A Marisa Lojas S.A. (“Marisa” ou “Companhia”) – (BM&FBOVESPA: AMAR3; Bloomberg: AMAR3:BZ), maior varejista de moda feminina e íntima do Brasil com foco na Classe C, anuncia os resultados do 3º trimestre de 2012 (3T12). As informações da Companhia, exceto quando indicado, têm como base números consolidados, em milhões de reais, conforme as Normas Internacionais de Relatórios Financeiros (IFRS). São
    apresentadas também as informações referentes aos 9 meses de 2012 (9M12). As comparações apresentadas referemse ao 3T12 em relação ao 3T11, e ao 9M12 em relação ao 9M11.

    Marisa aumenta 95% o Lucro Líquido e cresce 35% a Receita de Varejo no 3T12

     Crescimento de 17,2% nas vendas em lojas comparáveis
     Aumento de 35,1% do total de vendas
     Acréscimo de 48,9% do EBITDA consolidado e de 71,3% do EBITDA das Operações de Varejo
     Confirmação do compromisso de abertura de 33 lojas em 2012
     Projeto Mais por m2
    ‒ Introdução do setor de Calçados em mais 100 lojas no período, totalizando 125 lojas
    ‒ 260 lojas com realocação da área de vendas, privilegiando categorias com maior venda por m2
     Plano de Eficiência
    ‒ Diluição de 3,0 p.p das Despesas com Vendas em relação à Rec. Liq. Consolidada
    ‒ Diluição de 2,4 p.p. das Despesas Gerais e Administrativas em relação à Rec. Liq. Consolidada

    Curtir

  11. Marisa Lojas S.A. (BM&FBovespa: AMAR3) anuncia as datas de divulgação de resultados do 3T12: A divulgação de resultados está programada para 30 de outubro de 2012 após o fechamento do mercado, quando então se encerrará o período de silêncio.

    Curtir

  12. RESULTADOS DO 2º TRIMESTRE DE 2012
    Destaques

    Lucro Líquido 47,6 71,2 -55,2% 2T12 x 2T11

    Receita Líquida: a receita líquida cresceu 13,7%, atingindo R$581,4 milhões. No conceito mesmas lojas, a receita líquida apresentou crescimento de 4,5%, uma recuperação significativa em relação ao desempenho observado nos dois últimos trimestres.

    Custo de Mercadorias: o custo de mercadorias subiu 30,1%, atingindo R$286,0 milhões.
    Esse aumento é explicado principalmente pelo maior volume de vendas, mix de produtos de maior valor agregado, além da inflação observada no setor de confecção. Além disso, a desvalorização do Real frente ao Dólar impactou os custos das mercadorias importadas que, embora parcialmente repassada ao preço, impactou o custo.

    Lucro Bruto: o lucro bruto cresceu 1,4%, atingindo R$295,5 milhões. A margem bruta, entretanto, caiu 6,2 p.p. em relação ao 2T11’.
    Convém lembrar que as margens observadas no 2T11’ foram excepcionalmente elevadas na comparação com anos anteriores, beneficiado por um alinhamento de variáveis

    Despesas com Vendas: as despesas com vendas cresceram 15,3%, tendo atingido R$187,0 milhões. Como percentual da receita líquida, aumentaram 0,5 p.p., tendo atingido 32,2%.

    Resultado Operacional (EBITDA): o resultado operacional caiu 26,2%, atingindo R$81,9 milhões. A margem de EBITDA caiu 7,6 p.p., tendo atingido 14,1%. Essa queda é resultado da combinação dos fatores explicados anteriormente, particularmente a queda da margem bruta.

    Continuamos com tendência de melhora de vendas e do resultado, principalmente quando comparados aos
    dois últimos trimestres (1T12 e 4T11)
    Crescimento das vendas em lojas comparáveis da ordem de 4,5% (vs. 2,0% no 1T12 e 2,3% no 4T11)
    Crescimento das vendas em todas as lojas da ordem de 13,7% (vs. 8,4% no 1T12 e 8,3% no 4T11), evidenciando
    melhora no desempenho das novas lojas
    Abertura de 5 novas lojas (1 em rua e 4 em shoppings), todas do formato Marisa Ampliada
    Recuperação significativa da participação do Cartão Private Label nas vendas
    Projeto Mais por m2
    ‒ Operação de calçados em 25 lojas (+ loja virtual) de maio a junho, com ganhos expressivos de venda por m2
    ‒ Realocação da área de vendas em 45 lojas até junho, privilegiando categorias com maior venda por m2

    Plano de Eficiência
    ‒ Diluição de 1,1 p.p. das Despesas Gerais e Administrativas em relação à Receita Líquida (consolidado)
    ‒ Despesas de Vendas por m2 em patamar semelhante ao do ano anterior, com ganho da inflação do período

    Curtir

Não postar Links, nem referências à sites Externos, Emails, Telefones.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s