ODPV – ODONTOPREV S.A.

ODPV3

BM&FBOVESPA: ODPV3; Bloomberg: ODPV3 BZ e Reuters: ODPV3.SA

Somos a maior operadora de planos odontológicos da América Latina.

Ao final de março de 2012, contávamos com 5.664.825 beneficiários.

Desenvolvemos planos odontológicos personalizados, destinados a uma ampla variedade de clientes corporativos e associações.

Contamos com vários modelos de atendimento, incluindo a livre escolha de profissionais, unidades próprias e, principalmente, nossa Rede Credenciada. Nossas atividades estão organizadas nos segmentos de negócios de:

(i) Planos odontológicos pré-pagos: assumimos os custos do atendimento odontológico dos nossos associados, todos os aspectos referentes à administração do plano, e a gestão de saúde bucal da população considerada, em troca de uma remuneração mensal per capita que, geralmente, é uma taxa fixa por um período de um ano.

(ii) Planos odontológicos pós-pagos: o cliente assume integralmente o risco atuarial do contrato, arcando com o custo dos serviços prestados. Os serviços administrativos, de suporte e de gestão de saúde são basicamente os mesmos prestados nos nossos produtos de risco.

(iii) Atendimento odontológico em consultórios próprios: As operações da Clidec incluem a instalação de consultórios dentro de clientes específicos (in company), e a administração de unidades abertas aos Associados de tamanhos que variam de consultório individual a clínicas com mais de dez gabinetes.

O mercado privado de saúde no Brasil está em expansão e o setor de odontologia, particularmente, vem apresentando as maiores taxas de crescimento.

De 2002 a dezembro de 2011, o mercado de planos médicos passou de 31,1 milhões de beneficiários para 47,6 milhões de beneficiários, um crescimento anual médio composto de 5,2%. No mesmo período, o crescimento anual médio composto do mercado de planos odontológicos foi de 18,1%, enquanto a OdontoPrev, registrou um crescimento anual médio composto de 28,9%.

A atividade de Odontologia de Grupo, regulada pela ANS, tem livre formação de preços. Além disso, no caso de planos coletivos, uma vez determinado o preço com o cliente, o seu reajuste é livre, devendo apenas posteriormente ser informado à ANS.

Nossa rede conta com aproximadamente 25,000 cirurgiões-dentistas credenciados, sendo aproximadamente 16.000 especialistas e pós-graduados, distribuídos em cerca de 2.000 cidades em todo o país, com modelo de remuneração flexível e individualizado, com grande escalabilidade.

Com base nos nossos 25 anos de experiência atuarial e na nossa inteligência de negócios, desenvolvemos um sistema de tecnologia da informação avançado e proprietário, que nos permite supervisionar pró-ativamente o risco e a qualidade das nossas atividades, incluindo a prevenção de fraudes, que proporciona uma redução da nossa sinistralidade.

RI:  ri@odontoprev.com.br

Site:  www.odontoprev.com.br/ri

Anúncios

57 comentários sobre “ODPV – ODONTOPREV S.A.

  1. Odontoprev resultado do 2T15

    A Odontoprev informou que sua receita operacional e o lucro do segundo trimestre avançaram em 6,5% e 3,9% respectivamente. Em 12 meses findos em junho.15 estas rubricas registram importantes crescimentos de 3,3% e 5,8%, alcançando R$ 1,194 bilhão e R$ 206 milhões. A Odontoprev destaca no trimestre o crescimento de 10,1% do tíquete médio dos planos individuais e o crescimento do número de beneficiários em 12 meses, em especial no segmento corporativo e PME. Como de costume está declarando dividendo intercalar que será pago no dia 3 de setembro. A ação fica ex-direito no pregão de 30 de julho. Desta vez o valor é de R$ 0,075353776/ação.

    Curtido por 1 pessoa

    • Resultado comentado 2T15

      A Odontoprev atingiu 6.299.470 beneficiários ao final do primeiro semestre, com adição líquida de 128.121 novas vidas nos últimos doze meses, com destaque para os segmentos Corporativo e PME (Pequenas e Médias Empresas). O segmento individual apresentou adição de 297 mil vidas no semestre, impulsionado pela participação dos canais bancários (principalmente Bradesco e Banco do Brasil).

      O ticket médio de R$ 16,64 ficou 4,6% superior ao do 1S14, refletindo o reajuste de contratos corporativos, mudança de produtos do varejo e do desempenho destacado dos canais bancários.

      Neste cenário, a receita líquida apresentou incremento de 6,8% em relação ao 1S14, atingindo R$ 604 milhões, pouco inferior à projetada pela Consultoria, de R$ 625 milhões. O segmento corporativo correspondeu a 80% da receita líquida no período, enquanto PME passou de 11,9% da receita operacional líquida no 1S14 para 13% no 1S15.

      As margens operacionais registraram ganhos significativos por conta da queda dos custos, reflexo da reestruturação feita pela Companhia nos últimos trimestres.

      Com isso, o lucro líquido de R$ 118 milhões foi 10,6% maior que o apurado no 1S14, também em linha com a projeção da Consultoria, de R$ 113 milhões.

      Em 30 de junho de 2015 a Odontoprev registrava caixa líquido de R$ 286,9 milhões, sem endividamento. A geração de caixa da Companhia é, historicamente, muito superior ao volume de investimentos. No 1S15 os investimentos totalizaram R$ 5,9 milhões, direcionados, em sua maioria, para o desenvolvimento de sistemas e equipamentos de computação.

      A Odontoprev segue com a estratégia de centrar esforços no segmento de mercado das PMEs e de consumidores individuais. Atualmente, a maior parte da carteira da Companhia é de grandes empresas, porém esse percentual vem diminuindo, devido, principalmente, ao avanço naqueles segmentos citados.

      No 1S15 a Companhia pagou R$ 130,1 milhões em dividendos e juros sobre capital próprio, 5,2% acima do mesmo período do ano passado.

      Curtir

  2. A ODPV3 fechou o dia em leve alta. Eu não olho preço, mas por que estou dizendo isso? É que ontem a noite saiu a notícia de que ODPV3 foi proibida pela ANS de vender parte de seus planos. A ação desabou na abertura. Até teve “breaking news” em vermelho dizendo: “Odontoprev desaba!!!”.

    Fechou em leve alta.

    Um exercício diário e bem difícil que faço é tentar não me deixar levar por notícias. Uma coisa é um estudo de algumas páginas divulgado com as perspectivas de um setor/empresa. Outra coisa é uma notícia de um parágrafo.

    Hoje foi um ótimo dia para reforçar a ideia de que minoritário não deve dar muito peso às notícias de curto prazo. O peso maior deve estar nos fundamentos das empresas. Somos limitados e não entendemos todas as variáveis que estão no tabuleiro do Mercado. Gaste 30min com cada empresa por ano e vá aproveitar sua família. Vá trabalhar mais. Ganhe uma promoção porque resolveu se dedicar ao trabalho. E compre empresas boas, com dívida controlada, lucros crescentes.

    Abs,
    Jojo.

    Curtido por 2 pessoas

  3. Relatório de Resultados 1T15

    EBITDA cresce 11%, com expansão de margem para 31%. Lucro sobe 16%, com 100% de payout. Dividendos por ação crescem 20%

    Destaques do período

    – A receita operacional líquida atingiu R$302.163, 7,0% acima do 1T14, com 25% proveniente dos segmentos PME e planos individuais.
    - Tíquete médio de R$16,66, 5,1% superior ao 1T14, destaque para o segmento individual, cujo tíquete médio subiu 10,7%.
    – O número de beneficiários atingiu 6.304.346, com 122.548 novas vidas em doze meses, principalmente dos segmentos corporativo e PME.
    - Índice de sinistralidade de 43,4%, em comparação aos 48,2% no 4T14 e 43,9% no 1T14, melhor em todos os segmentos.
    - EBITDA ajustado alcançou R$92.860, 10,9% acima dos R$83.724 do 1T14, com expansão de margem de 29,7% para 30,7%.
    - Lucro líquido de R$67.817, 16,2% superior ao 1T14 e 56,2% acima dos R$ 43.415 do 4T14. 
    – Caixa líquido de R$344.453, superior aos R$265.708 do 4T14. Dívida zero

    Curtir

    • A Odontoprev atingiu 6.304.346 beneficiários no 1T15, com adição líquida de 122.548 novas vidas nos últimos doze meses, com destaque para os segmentos Corporativo e PME (Pequenas e Médias Empresas). O segmento individual apresentou adição líquida de 4 mil vidas no trimestre, principalmente pela participação do Bradesco.

      O ticket médio de R$ 16,66 ficou 5,1% superior ao do 1T14, com destaque para o segmento individual, cujo ticket médio aumentou 10,7%.

      Neste cenário, a receita líquida apresentou incremento de 7% em relação ao 1T14, atingindo R$ 302 milhões, em linha com a projetada pela Consultoria, de R$ 312 milhões. O segmento corporativo correspondeu a 75,5% da receita líquida no 1T15, enquanto o PME passou de 11,9% da ROL no 1T14 para 12,6% no 1T15, atingindo R$ 37,9 bilhões, 13% acima do 1T14.

      As margens operacionais registraram ganhos significativos por conta da queda dos custos, reflexo da reestruturação adotada pela Companhia.

      Com isso, o lucro líquido de R$ 68 milhões foi 16,9% maior que o apurado no 1T14.

      Em 30 de dezembro de 2014 a Odontoprev registrava caixa líquido de R$ 344,5 milhões, sem endividamento. A geração de caixa da Companhia é, historicamente, muito superior ao volume de investimentos. No 1T15 os investimentos totalizaram R$ 3,6 milhões, direcionados, em sua maioria, para o desenvolvimento de sistemas e equipamentos de computação.

      A Odontoprev segue com a estratégia de centrar esforços no segmento de mercado das PMEs e de consumidores individuais. Atualmente, a maior parte da carteira da Companhia é de grandes empresas, porém esse percentual vem diminuindo, devido, principalmente, ao avanço naqueles segmentos citados.

      Adicionalmente, o Conselho de Administração aprovou a distribuição de dividendos complementares de R$ 59,9 milhões, superior em 20,3% aos dividendos do 1T14, elevando a remuneração total aos acionistas a R$ 233 milhões nos últimos doze meses.

      Curtido por 1 pessoa

    • Na verdade o Bradesco é o majoritário, e se o BB tiver alguma participação ñ chega nem a 5%.

      Parceria com o Bradesco Dental onde alcançou a marca de 4,2 milhões de beneficiários. Mais recentemente a empresa em 2013 criou a Brasildental que é uma associação bem semelhante a do Bradesco dessa vez agora com o Banco do Brasil que firmou contrato de exclusividade de 20 anos.

      Se o dono do blog permitir, coloquei a fonte em outro post, mas deve entrar em moderação.

      Tem informações bem bacana.

      Curtido por 1 pessoa

    • Dividend yield, obrigado pelas informações.

      Não havia entendido direto como era a ligação do BBSE com a odontoprev, e após o seu post, achei o artigo abaixo que explica que a BBSE através da BB seguros, criou uma joint venture com a odontoprev. Segue o texto abaixo:

      A OdontoPrev e o Banco do Brasil criaram uma operadora odontológica por meio de uma joint venture visando explorar, em exclusividade, por 20 anos, os canais de distribuição BB.

      Por meio da nova operadora, denominada Brasildental Operadora de Planos Odontológicos, as empresas irão desenvolver e divulgar, e por meio da BB Corretora, distribuir e comercializar planos odontológicos sob a marca BB Dental.

      A Brasildental terá seu capital social inicial de R$ 5 milhões, distribuído em 100 mil ações ordinárias e 100 mil ações preferenciais, com a seguinte estrutura societária: a BB Seguros será detentora de 49,99% das ações ON e de 100% das ações PN, representando 74,99% de participação do capital social total, e a Odontoprev deterá 50,01% das ações ON, representando 25,01% do capital social total.

      A BB Seguros e a Odontoprev responderão pela constituição do capital social inicial da Brasildental na respectiva proporção de suas participações. O acordo estará sujeito à análise e à aprovação dos órgãos reguladores e vigorará por 20 anos, podendo ser prorrogado por iguais períodos.

      Curtir

  4. Relatório de Resultados 4T14 LL +3,5% 4T13

     Lucro líquido de R$43.415 no 4T14 e R$194.709 em 2014, 3,5% superior a 2013. Caixa líquido de R$265.708, com dívida zero

    A receita operacional líquida atingiu R$302.518 no 4T14 e R$ 1.156.121 em 2014, 8,1% maior em relação a 2013.
     Tíquete médio de R$16,69, 3,7% superior aos R$16,10 do 3T14. No ano, R$16,07, 5,5% maior que os R$15,22 de 2013.
     O número de beneficiários cresceu 144 mil vidas no ano, das quais 61 mil no 4T14, com destaque para a carteira corporativa e PME.
     Índice de sinistralidade de 48,2% no 4T14 e de 46,2% em 2014, em comparação a 47,7% em 2013.
     EBITDA ajustado alcançou R$72.771 no 4T14 e R$304.983 em 2014, com expansão de margem em 0,9 p.p. para 26,4%

    Curtido por 1 pessoa

    • Palavra do CEO

      Os resultados do 4T14 mantêm e confirmam a evolução consistente e positiva observada nos trimestres anteriores em todas as linhas.
      A adição líquida de 144 mil vidas no ano, com destaque dos segmentos empresarial e de PME, demonstra um comportamento
      qualitativo distinto em 2014 se comparado a 2013 e coloca a empresa em situação privilegiada para captura de crescimento em todos
      os seus mercados de atuação. As ações em curso permitiram manter a sinistralidade com menor volatilidade e bom desempenho: 46,2%
      no ano, versus 47,7% em 2013. Como decorrência, alcançamos em 2014 margem EBITDA recorde de 26,4%, e ROE de 29,0%

      Curtido por 2 pessoas

    • A Odontoprev atingiu 6.316.368 beneficiários em 2014, com adição líquida de 144.441 novas vidas no ano, principalmente nos segmentos Corporativo e PME (Pequenas e Médias Empresas). Descontado o decréscimo de 26 mil vidas dos planos individuais, oriundos de parcerias com lojas de departamento, o crescimento líquido de beneficiários no trimestre foi de 61 mil.

      O ticket médio passou de R$ 16,10 no 3T14 para R$ 16,69 no 4T14, crescimento de 3,7%, refletindo o reajuste de contratos corporativos ocorridos nos últimos 3 meses do ano.

      Neste cenário, a receita líquida apresentou incremento de 7,4% em relação ao quarto trimestre de 2013, atingindo R$ 302,5 milhões, em linha com a projetada pela Consultoria, de R$ 309 milhões.

      No acumulado do ano de 2014, a receita líquida atingiu R$ 1.156 bilhão, superior em 8,1% à apurada em 2013, também em linha com nossas projeções, de R$ 1.162 bilhão. O aumento da receita foi função, principalmente, do reajuste no valor dos planos.

      As margens operacionais registraram ganhos significativos por conta da queda dos custos, reflexo da reestruturação adotada pela Companhia.

      Por outro lado, o lucro líquido de R$ 43 milhões foi 7,9% menor que o apurado no 4T13, refletindo, principalmente, o aumento do custo de serviços, que teve alta de 6,2% no trimestre, para R$ 145,8 milhões. No acumulado do ano o lucro líquido foi de R$ 195 milhões, 3,7% superior ao obtido em 2013.

      Em 30 de dezembro de 2014 a Odontoprev registrava caixa líquido de R$ 265,7 milhões, sem endividamento. A geração de caixa da Companhia é, historicamente, muito superior ao volume de investimentos. Em 2014 os investimentos totalizaram R$ 18,5 milhões, ante R$ 10,8 milhões em 2013, direcionados, em sua maioria, para o desenvolvimento de sistemas e equipamentos de computação.

      A Odontoprev segue com a estratégia de centrar esforços no segmento de mercado das PMEs e de consumidores individuais. Atualmente, a maior parte da carteira da Companhia é de grandes empresas, porém esse percentual vem diminuindo, devido, principalmente, ao avanço naqueles segmentos citados.

      Em 26.02.2015, a Brasildental, empresa com parceria com o Banco do Brasil, realizou o lançamento de seu plano odontológico individual em todo território nacional.

      Adicionalmente, em 04.03.2015, o Conselho de Administração aprovou a distribuição de dividendos complementares de R$ 54,5 milhões, elevando a remuneração total aos acionistas relativa ao exercício de 2014 a R$ 213,6 milhões, 115% do lucro anual passível de distribuição.

      Curtir

  5. Tese de Investimentos

    Revisamos nossas projeções para a Odontoprev de forma a considerar os resultados do 1S14, que apresentaram números consistentes, com incremento na receita líquida e ganhos nas margens operacionais. A Companhia mantém uma visão otimista para os próximos trimestres, tanto no segmento individual como no corporativo.

    A empresa segue buscando oportunidades de maximizar a eficiência do uso dos canais que dispõe para distribuir seus produtos, sobretudo nos canais de parceria com a Bradesco Seguros, no sentido de aumentar as oportunidades de cross-sell. Além disso, o início das operações da BB Dental, prevista para entrar em funcionamento ainda no 3T14, trará valor para a Companhia, já a partir do quarto trimestre e certamente em 2015.

    A criação da BB Dental, joint venture com o Banco do Brasil, possibilitará à empresa ampliar as vendas de planos odontológicos para o segmento de mercado das PMEs (Pequenas e Médias Empresas) e de consumidores individuais (pessoas físicas).

    Entretanto, o segmento de varejo continua sendo um canal importante de vendas para planos individuais e está passando por aprimoramentos, como ajustes e desenvolvimento de novos produtos. Também está em curso com as grandes varejistas, que já possuem contratos com a Odontoprev, o treinamento das equipes de venda, a readequação de campanhas promocionais, além da revisão de toda a precificação.

    Como forma de aumentar a lucratividade, a Odontoprev segue empenhada em reajustar preços. Se por um lado a Companhia equaciona os contratos que se encontram com preços defasados, por outro pode acarretar em maior número de cancelamentos.

    Os riscos associados para a empresa estão em um eventual aumento da taxa de desemprego, bem como da concorrência, que já se mostra bastante acirrada, visto que o mercado de seguro dental apresenta melhores margens que o de seguro saúde e expectativa de crescimento robusto.

    Curtir

  6. ODONTOPREV 3T14: 84 MIL NOVAS VIDAS. TÍQUETE CRESCE 5%, RECEITA 7% E EBITDA 11%, COM MARGEM SAZONAL RECORDE NO 3T E 9M. 100% DE PAYOUT.

    São Paulo, 28 de Outubro de 2014.

    A OdontoPrev (BM&FBovespa: ODPV3; Bloomberg: ODPV3.BZ; Reuters: ODPV3.SA; ADR1OTC: ODPVY), maior operadora de planos odontológicos da América Latina, apresenta os resultados do 3T14:

    a) Receita líquida de R$ 288.027 milhões, 6,7% acima do 3T13.

    b) Tíquete médio de R$ 16,10, superior 4,5% ao 3T13.

    c) 6.255.177 beneficiários, com adições líquidas de 84 mil novas vidas no trimestre, melhor desempenho trimestral do segmento corporativo desde 2012. Nos últimos 12 meses, 153 mil novas vidas, com destaque para planos PME e individuais.

    d) Sinistralidade de 48,1% no trimestre, 0,7 p.p. abaixo dos 48,8% no 3T13. No 9M14 foi de 45,4%, 1,9 p.p. menor que o 9M13.

    e) O Ebitda ajustado atingiu nível recorde sazonal de R$72 milhões no trimestre, com elevação de margem para 24,9% e R$232 milhões no acumulado em 9 meses, com margem de 27,2%, recorde no período.

    f) Lucro líquido de R$ 45 milhões no trimestre, 5% superior ao 3T13.

    g) Dividendos e JCP de R$ 45 milhões, com 100% de payout. Remuneração dos últimos 12 meses atinge R$215 milhões.

    h) Caixa líquido de R$ 269 milhões, e dívida zero.

    Curtir

    • A Odontoprev atingiu 6.255.177 beneficiários, com adição líquida de 152.833 novas vidas nos últimos doze meses, principalmente nos segmentos de PME (Pequenas e Médias Empresas) e planos individuais. No trimestre houve adição líquida de 84 mil vidas, com maior contribuição no segmento corporativo.

      O ticket médio passou de R$ 15,40 no 3T13 para R$ 16,10 no 3T14, crescimento de 4,5%, refletindo o reajuste de contratos corporativos e, em menor escala, a mudança de mix de vendas no período.

      Neste cenário, a receita líquida apresentou incremento de 6,7% em relação ao terceiro trimestre de 2013, atingindo R$ 288 milhões, em linha com a projetada pela Consultoria, de R$ 295 milhões.

      No acumulado dos primeiros nove meses de 2014, a receita líquida atingiu R$ 854 milhões, superior em 8,3% à apurada nos 9M13, também em linha com nossas projeções, de R$ 861 milhões. O aumento da receita foi função, principalmente, do reajuste de 5,6% no valor dos planos.

      As margens operacionais registraram ganhos significativos por conta da queda dos custos, reflexo da reestruturação adotada pela Companhia.

      Diante deste cenário, a Odontoprev encerrou o 3T14 com lucro líquido de R$ 45 milhões, alta de 5% em relação ao 3T13. Nos 9M14 o lucro líquido alcançou R$ 151 milhões, 7,3% superior ao apurado nos 9M13 e apenas 4,1% menor que o projetado pela Consultoria.

      Em 30 de junho de 2014 a Odontoprev registrava caixa líquido de R$ 268,7 milhões, sem endividamento. A geração de caixa da Companhia é, historicamente, muito superior ao volume de investimentos. Nos 9M14 os investimentos totalizaram R$ 16,9 milhões, direcionados, em sua maioria, para o desenvolvimento de sistemas e equipamentos de computação.

      A Odontoprev segue com a estratégia de centrar esforços no segmento de mercado das PMEs e de consumidores individuais. Atualmente, a maior parte da carteira da Companhia é de grandes empresas, porém esse percentual vem diminuindo, devido, principalmente, ao avanço naqueles segmentos citados.

      A Companhia mantém a projeção de crescimento entre 20% e 25% na carteira de clientes em 2014.

      Para tanto, a Odontoprev fechou parceria com a Máquina de Vendas e negocia com a C&A a venda de planos odontológicos. Além disso, a BB Dental, operadora em parceria com o Banco do Brasil, vai começar a funcionar, trazendo receita nova.

      Curtido por 1 pessoa

  7. Resultado 2T14
    LL 47,7 M +21,4% x 2T13

     A receita operacional líquida totalizou R$283.239, 7,7% acima do 2T13.
     Tíquete médio de R$15,95, 5,6% superior aos R$15,11 do 2T13.
     O número de beneficiários cresceu 2,7%, passando de 6.009.670 no 2T13 para 6.171.349 no
    2T14, com adição de 161.679 novas vidas no período, principalmente nos segmentos PME e
    planos individuais.
     Índice de sinistralidade de 44,1%, versus 49,3% no 2T13.
     EBITDA ajustado de R$76.883, com margem de 27,1%, versus margem de 23,6% no 2T13.
     Lucro líquido de R$47.776, 21,4% acima do 2T13.
     Caixa líquido de R$262.285, e dívida zero.

    http://www.mzweb.com.br/odontoprev/web/download_arquivos.asp?id_arquivo=A14B6A11-674D-499E-8212-44720C4C42F8

    Excelente resultado, a receita manteve um crescimento moderado, nada espetacular, o aumento na lucratividade teve efeito sazonal devido a copa do mundo.

    Curtir

  8. Receita sobe 8%, Sinistralidade cede e expande a margem EBITDA para 27%.Lucro cresce 21%, com 100% de payout.

    São Paulo, 29 de julho de 2014.

    A OdontoPrev (BM&FBovespa: ODPV3; Bloomberg: ODPV3.BZ; Reuters: ODPV3.SA; ADR1OTC: ODPVY), maior operadora de planos odontológicos da América Latina, divulgou hoje os resultados do 2T14.

    Curtir

  9. Revisamos nossas projeções para a Odontoprev de forma a considerar os resultados do 1S13, bem como incorporar novas premissas macroeconômicas. A Companhia espera para o segundo semestre uma recuperação das vendas de planos odontológicos, tanto no segmento individual como no corporativo. Além disso, a empresa segue buscando oportunidades de maximizar a eficiência do uso dos canais que dispõe para distribuir seus produtos, sobretudo nos canais de parceria com o Bradesco. Dentro dos canais ainda não trabalhados pela empresa está à distribuição via cartão de crédito, postos de atendimento e meios eletrônicos.

    A criação da Brasildental, joint venture com o Banco do Brasil, possibilitará à empresa ampliar as vendas de planos odontológicos para o segmento de mercado das PMEs (Pequenas e Médias Empresas) e de consumidores individuais (pessoas físicas).

    Como forma de aumentar a receita, a Odontoprev mudou sua estratégia. Com menos empresas concedendo o benefício do plano dental diante do atual cenário macroeconômico, a Companhia está fortemente empenhada em reajustar preços. Até então, o faturamento crescia conforme o volume de usuários. Se por um lado a Companhia equaciona os contratos que se encontram com preços defasados, outro lado pode acarretar em maior número de cancelamentos.

    Os riscos associados para a empresa estão em um eventual aumento da taxa de desemprego, bem como da concorrência, que já se mostra bastante acirrada, visto que o mercado de seguro dental apresenta melhores margens que o de seguro saúde e expectativa de crescimento robusto.

    Pontos Positivos

    Maior operadora de planos odontológicos da América Latina;
    o crescimento esperado para a economia brasileira, mesmo que em níveis menores que o projetado inicialmente, deverá contribuir para a manutenção do emprego e da renda da população em patamares elevados, aumentando a procura por planos odontológicos;
    intensificação na venda de planos individuais nas agências bancárias do Bradesco e do Banco do Brasil;
    crescente penetração de planos odontológicos nos benefícios concedidos pelas empresas, inicialmente restritas às grandes corporações, já está se estendendo para organizações de médio e pequeno porte;
    expectativa de futuras aquisições, permitindo a expansão das localidades atendidas;
    o mercado de planos odontológicos ainda apresenta baixa taxa de penetração;
    o processo de consolidação continuará forte no setor;
    elevado pay-out da Companhia, que continua distribuindo a totalidade do lucro líquido.

    Pontos Negativos

    Futuras aquisições tendem a pressionar as margens operacionais;
    dependência da expansão da renda da população e da expansão do emprego formal;
    eventual aumento do desemprego poderá acarretar em menores vendas de planos odontológicos;
    forte concorrência visto que o mercado de seguro dental apresenta melhores margens que o de seguro saúde e expectativa de crescimento robusto.

    Curtir

  10. São Paulo, 27 de maio de 2014.

    A OdontoPrev (BM&FBovespa: ODPV3; Bloomberg: ODPV3.BZ; Reuters: ODPV3.SA; ADR1OTC: ODPVY), maior operadora de planos odontológicos da América Latina, confirma o pagamento de R$ 108 milhões em dividendos em junho:

    a) R$ 49,8 milhões, a partir de 04/06/14, aprovados em RCA do dia 29/04/14, relativos ao 1T14;

    b) R$ 58,2 milhões, a partir de 11/06/14, deliberados em AGO de 01 de abril de 2014, relativos ao 4T13.

    Curtido por 2 pessoas

Não postar Links, nem referências à sites Externos, Emails, Telefones.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s