HGTX – CIA HERING

HGTX3

A Cia. Hering (BM&FBOVESPA: HGTX3)

O modelo de negócios da Cia. Hering se caracteriza por incluir: (i) produção; (ii) gestão de marcas e produtos; e (iii) varejo.

O modelo de produção diferenciado permite optar entre produzir internamente artigos de vestuário, terceirizar partes do processo produtivo, ou comprar artigos acabados de terceiros (no mercado interno e externo). A opção entre produzir ou terceirizar é feita com o objetivo de maximizar qualidade, custos e eficiência para atender a demanda do mercado.

O portfólio de marcas da Companhia é composto por marcas fortes e com posicionamentos distintos: Hering, Hering Kids, PUC e dzarm.

O diferencial e os atributos das marcas são reforçados pelo desenvolvimento de 6 coleções ao longo do ano, entregues em ciclos a cada duas ou três semanas, o que garante que sempre haja novidades nas lojas e estimula a freqüência de visita dos consumidores.

Em 31 de dezembro de 2011 a estrutura de varejo da Cia Hering era composta por uma rede de 514 lojas Hering Store, PUC, Hering Kids e dzarm. em 23 Estados Brasileiros e 16 lojas franqueadas no exterior, mais de 16.500 clientes no varejo multimarcas e as lojas virtuais Hering WebStore, PUC WebStore e dzarm Webstore.

A Cia. Hering possui sob seu portfólio quatro marcas que atuam em segmentos de mercados distintos. A marca Hering para adultos de todas as classes sociais; a marca Hering Kids para crianças de todas as classes sociais; a PUC, para crianças de classes sociais A e B e; a dzarm., para jovens de classes sociais A e B.

Os produtos comercializados, para todas as marcas, incluem toda a linha de vestuário e acessórios de moda e básicos para os públicos feminino, masculino e infantil.

A Cia. Hering possui cinco unidades produtivas localizadas no Estado de Santa Catarina, três unidades no Estado de Goiás e uma unidade no Estado do Rio Grande do Norte.

O modelo de produção híbrido é um dos diferenciais da Cia. Hering e é caracterizado pela combinação de produção própria, terceirizada e outsourcing (compra de produto acabado), garantindo flexibilidade e velocidade para atender à demanda do mercado.

Este modelo permite buscar a melhor opção entre produzir internamente, terceirizar etapas do processo produtivo ou comprar o produto acabado (make or buy), o que traz redução de custos com ganho de escala e garante mais agilidade aos processos produtivos.

RI: ri@hering.com.br

Site: http://hering.riweb.com.br/default.aspx?linguagem=pt

Anúncios

92 comentários sobre “HGTX – CIA HERING

  1. Cia Hering divulga queda de 42% no lucro do 3T16
    por Equipe Lopes Filho

    No 3T16 o resultado da Cia Hering foi fraco: lucro líquido de R$ 57 milhões, 42% menor do que no 3T15. O faturamento líquido foi 1% menor e o resultado da atividade apresentou retração de 24%. O fraco desempenho operacional é explicado pelos seguintes fatores: queda da demanda por vestuário por conta da queda do poder aquisitivo do consumidor; pior mix de produtos comercializados; aumento das despesas operacionais e menor diluição dos custos e despesas.

    Curtir

  2. ​Hering (HGTX3): A cia reportou lucro líquido de R$ 61,7 milhões no 2T16. O resultado é 4,9% superior ao apurado no mesmo período do ano passado pela companhia de vestuário. O Ebitda​ ​da ​cia atingiu R$ 61,4 milhões entre abril e junho deste ano. O resultado é 7,8% inferior ao do mesmo período do ano anterior.

    Curtir

  3. Hering (HGTX3): O conselho de administração da cia aprovou a renovação de seu programa de aquisição de ações da própria empresa. A quantidade a recomprar se limitará a 8 milhões de ações ordinárias, que corresponde a 6,43% do total das 124.426.133 ações em circulação. O prazo máximo para a aquisição será de 365 dias, com início a partir de amanhã e término em 27 de julho de 2017.

    Curtir

    • Hering (HGTX3): A cia registrou queda nas vendas de sua principal rede de varejo, que apurou recuo de 7,5% no indicador de vendas mesmas lojas no 2T16 ante igual período do ano anterior. O índice, que considera os pontos de venda abertos há mais de um ano, acelerou as perdas ante o ano passado, quando a queda havia sido de 1,7%. Segundo a ​cia, as vendas foram afetadas por “reflexos da atual conjuntura econômica e os efeitos da redução da massa salarial no país, afetando principalmente o número de atendimentos do período”.

      Curtir

  4. Cia Hering tem queda de 29,5% no lucro do 1T16

    No 1T16 a Cia Hering registrou desempenho operacional bastante fraco com a geração de caixa expressa pelo EBITDA de R$ 36,5 milhões, 22% menor comparativamente com o 1T15. O ambiente macroeconômico adverso com elevação do desemprego e da inadimplência que determinaram queda da demanda, o aumento da concorrência que forçou maior número de promoções e descontos e o maior número de dias quentes que impactou negativamente o início da comercialização da coleção outono/inverno foram determinantes e explicam a queda na geração de caixa da empresa. Desta forma, a Cia Hering encerrou o 1T16 com retração de 29,5% no lucro líquido, que atingiu R$ 29,3 milhões. A receita líquida foi de R$ 314,4 milhões, 9,4% inferior ao 1T15.

    Curtido por 1 pessoa

  5. Hering Resultados 4T15

    A Cia. Hering anunciou lucro líquido e R$ 83,1 milhões no 4T15, recuando 23,9% na comparação com o 4T14. No acumulado de 2015, o lucro foi de R$ 281,2 milhões, 11,8% abaixo do ano anterior.

    A receita líquida da empresa para o último trimestre de 2015 foi de R$ 507,5 milhões, superando em 1,4% o 4T14. Em 2015, a receita acumulada foi de R$ 1,58 bilhão, 5,3% em relação ao acumulado no 12M14.

    O Ebitda (lucro antes dos juros, impostos, depreciação e amortização) do 4T15 foi de R$ 94,3 milhões, recuando 27,3% na comparação com o mesmo período em 2014. No 12M15, o Ebitda acumulado foi de R$ 262,9 milhões, 33,6% abaixo do acumulado em 2014.

    Curtir

  6. Cia Hering divulga resultados 3T15

    A Cia Hering informou que embora sua receita líquida do 3T15 tenha sido 2,1% inferior a do 3T14 e a do 9M15 ter ficado abaixo da receita do 9M14 em 7,6%, o seu lucro líquido foi de R$ 97,8 milhões, 37,9% superior ao o obtido no 3T14. Para tanto, foi determinante o efeito líquido de R$ 53,5 milhões em IR e CSLL provenientes da liquidação e dissolução de subsidiária e liquidação de dívida intercompany. O lucro do 9M15 foi de R$ 198,1 milhões, contra R$ 209,6 milhões no 9M14 (-5,5%).

    O Ebitda teve redução de 26,6 % no 3T15, ficando em R$ 54,8 milhões, contra R$ 74,7 milhões no 3T14. O acumulado do ano, a redução foi de 36,7%, passando de R$ 168,5 milhões no 9M15 para R$ 266,1 milhões no 9M14.

    Curtido por 1 pessoa

  7. Cia Hering resultado 2T15

    LL 2T15 58,79MM -20% x 2T14

    A Cia Hering divulgou que sua receita líquida foi de R$ 380,83 milhões (ante R$ 419,68 milhões no 2T14), totalizando R$ 727,86 milhões no 1S15 (contra R$ 814,12 milhões no 1S14).

    A companhia registrou lucro líquido no 2T15, de R$ 58,79 milhões (ante lucro de R$ 74,18 milhões no 2T14), acumulando no primeiro semestre lucro líquido de R$ 100,30 milhões (ante R$ 138,76 milhões no 1S14).

    O Ebitda (lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização) registrado entre abril e junho totalizou R$ 66,557 milhões, retração de 31,3% ante os mesmos meses do ano anterior. A margem Ebitda foi de 17,5% ante 23,1% em igual intervalo de 2014, retração de 5,6 pontos porcentuais. No semestre, o Ebitda somou R$ 113,698 milhões, recuo de 40,6%

    Curtir

  8. CIA HERING PAGARÁ JUROS SOBRE CAPITAL DE R$ 0,1725 POR AÇÃO; “EX” AMANHÃ

    São Paulo, 27/05/2015 – A Cia Hering fará distribuição de juros sobre o capital próprio no valor total de R$ 27,870 milhões, ou R$ 0,1725 por ação. O pagamento será no dia 25 de junho. A posição acionária válida é a de hoje, 27, sendo que amanhã as ações passarão a ser negociadas na condição ex-direito.

    Curtir

  9. 1T15

    LL 41,5MM -35,7% x1T14

    Destaques do 1T15

    Receita bruta de R$ 415,0 milhões, 11,1% inferior ao 1T14;
    EBITDA de R$ 47,1 milhões (-50,1%), margem de 13,6%;
    Lucro Líquido de R$ 41,5 milhões (-35,7%);
    Geração de R$ 62,5 milhões em caixa livre, R$ 35,0 milhões superior ao 1T14;
    625,8 mil ações recompradas no trimestre, totalizando R$ 10,4 milhões. 24% do plano foi executado até o momento.

    Curtir

    • Abriu em baixa de mais de 13%, perdi boa oportunidade em fazer um long ( LAME4) short ( HGTX3) em 04/05, não o fiz pois não estava convincente da operação graficamente apesar que esperava bons resultados para LAME e ruim para HGTX, faz parte, bola para frente que este ano já esta bom demais em termos de lucratividade das carteiras..

      Curtir

  10. Franquia promove expansão das marcas

    Por Gleise de Castro | Para o Valor, de São Paulo

    Fachada da primeira sede da Hering, em Blumenau (SC), com o nome original

    Um tear e um caixote de fios comprados em Joinville (SC) pelo imigrante alemão Hermann Hering, logo que chegou ao Brasil, em 1878, foram a origem da Trikotwaren Fabrik Gebrüder Hering, hoje Cia. Hering. Fundada em Blumenau, em 1880, por Hermann e o irmão Bruno, a empresa tornou-se conhecida pelas camisetas costuradas por Johanna e Nanny, filhas de Hermann, adotando como símbolo os dois peixinhos, dois arenques, que são a tradução da palavra Hering. Com receita líquida de R$ 1,68 bilhão e lucro líquido de R$ 318,8 milhões em 2014, a Hering hoje fabrica e comercializa roupas das marcas Hering, Hering Kids, Hering for you, PUC e Dzarm em 827 lojas, das quais 732 franquias no Brasil, 17 franquias no exterior e 78 unidades próprias.

    O sistema de franquias, adotado em 1993, impulsionou sua expansão. Até então, a empresa se dedicava só à fabricação de vestuário. O sistema Hering Store foi a aposta da empresa para ampliar o alcance da marca e expandir o negócio. De uma marca associada a camisetas brancas, uma commodity que enfrentava forte concorrência dos produtos chineses, transformou-se em uma marca de moda, que se destaca em um varejo mais refinado. “O sistema de franquias foi um marco na história da Hering”, diz o consultor Juarez Leão, da Leão Business Upgrade, que acompanhou de perto o processo, como superintendente da unidade de franquia da empresa.

    Com a aposta, a Hering subverteu o clássico perfil conservador de negócio das marcas centenárias e foi precursora de um movimento que mudou o varejo brasileiro. Sua experiência bem-sucedida com o franchising tornou-se referência para outras fabricantes, que seguiram o mesmo caminho. “A franquia abriu um universo de oportunidades para a marca e criou um novo ciclo de crescimento para a empresa. Com o domínio do canal de distribuição, que permitiu acesso ao consumidor final, e a entrada em locais nobres, como o Shopping Iguatemi, em São Paulo, a marca se destacou”, diz Leão, também diretor da Associação Brasileira de Franchising (ABF).

    O modelo de negócio representou 38,2% do desempenho das vendas em 2014 e contribuiu para a expansão da Cia. Hering. São 583 franquias Hering Store no Brasil e 17 no exterior (Uruguai, Bolívia, Paraguai e Venezuela), 75 da PUC e 74 da Hering Kids. “A companhia tem hoje uma boa experiência no mercado e um portfólio diversificado para atender a diferentes perfis de consumidores” diz Ronaldo Loos, diretor comercial da Cia. Hering. A empresa lança seis coleções a cada ano, que garantem novidades nas lojas e estimulam a frequência dos consumidores.

    Para Cristina Franco, presidente da ABF, ao compartilhar o patrimônio de sua marca com os franqueados, empresas centenárias como a Hering aproximam-se mais do seu público e conseguem se renovar e se perpetuar. “Os parceiros franqueados participam do processo de inovação e mudança contínua da marca” diz a executiva.

    Curtir

  11. 2014

    Em 2014, o desempenho da Cia Hering apresentou arrefecimento, visto a seguinte confluência de aspectos adversos: redução do poder de compra do consumidor, repique nos indicadores de inadimplência e menor disponibilidade de crédito para o consumo.

    Ao longo de 2014 foram inauguradas 68 lojas, sendo: 48 Hering Store, 16 Hering Kids, duas PUC e duas Hering for You. Por outro lado, foi fechada a única loja da marca dzarm, refletindo o novo plano estratégico e reposicionamento da marca. Desta forma, a Cia Hering encerrou 31/12/14 com um total de 827 lojas e área de vendas de aproximadamente 87,426 mil m², significando aumentos de 8,8% e de 6,2%, respectivamente na comparação com 31/12/13. O mix de lojas por formato apresentou a seguinte composição em 31/12/14: 79,4% Hering Store (todos os públicos), 20,3% Hering Kids + PUC (infanto juvenil) e 0,3% Hering for You (jovens das classes A e B).

    O faturamento da Cia. Hering alcançou em 2014 R$ 1,678 bilhão, semelhante ao registrado em 2013. O fraco desempenho comercial refletiu o maior número de promoções e descontos, que se fez necessário em função do acirramento da concorrência e o comprometido do poder aquisitivo do consumidor.

    A margem bruta da Companhia apresentou retração de 1,4 p.p. no trimestre, explicada pelo pior mix de produtos comercializados, maior número de promoções e descontos e menor diluição dos custos. As despesas da atividade apresentaram acréscimo de 1,5 p.p., devido os gastos com marketing, que se fizeram necessários diante do acirramento da concorrência. Outro fator que levou ao acréscimo nas despesas foi o maior gasto com lojas com menos de um ano em funcionamento.

    A fraca performance comercial, a pressão na margem bruta e o aumento nas despesas foram determinantes para que a Cia Hering encerrasse 2014 com geração de caixa expressa no conceito EBITDA de R$ 396 milhões, equivalente à margem EBITDA de 21,3%, significando decréscimo de 9,7% e recuo de 2,5 p.p., respectivamente mas dentro de nossa estimativa de R$ 396 milhões.

    De qualquer modo, o resultado financeiro em 2014 foi melhor que o registrado em 2013. Mesmo diante de um cenário de juros altos e repique na inadimplência, o melhor resultado financeiro reflete a adequada estrutura de capitais da Companhia e os maiores juros sobre as aplicações financeiras. A Cia. Hering encerrou 31/12/2014 com dívida de apenas R$ 23 milhões e aplicações financeiras de R$ 182 milhões, resultando em caixa líquido de R$ 159 milhões.

    Desta forma, concluímos que o melhor resultado financeiro amenizou o fraco desempenho operacional, tendo sido determinante para que a empresa encerrasse o 2014 com lucro líquido de R$ 319 milhões, 0,2% maior ante 2013, ficando dentro da nossa estimativa de R$ 309 milhões.

    Curtido por 1 pessoa

  12. Receita Bruta da Cia. Hering atinge R$ 612,0 mi no
    4T14 e lucro líquido cresce 7,4% para R$ 109,2 mi

    DESTAQUES DE 2014
     Receita bruta total de R$ 2,0 bilhões, similar a 2013;
     Adição de 67 lojas no período e lançamento da marca Hering for you;
     Lucro líquido atingiu R$ 318,9 mi, dividend payout proposto de 46%;
     Geração de R$ 166,8 milhões em caixa livre, R$ 43,1 milhões superior a
    4T13;
     Marca Hering é listada como uma das 15 marcas mais valiosas do país,
    em ranking publicado pela Interbrand.

    DESTAQUES DO 4T14
     Receita bruta total de R$ 612,0 milhões, 0,5% superior ao 4T13;
     Adição de 46 lojas no período, sendo 34 Hering Store, 10 Hering Kids e
    02 Hering for you;
     Início da comercialização da DZARM. já em sua nova estratégia;
     R$ 129,7 milhões de EBITDA (-5,8%), Lucro Líquido alcança R$ 109,2
    milhões (+7,4%);
     Início da execução do Programa de Recompra. No trimestre foram
    recompradas 577 mil ações, totalizando R$ 11,9 milhões.

    Curtir

  13. Hering – Prévia Operacional fraca.

    Companhia ainda não conseguiu reverter a tendência de queda do SSS – vendas mesmas lojas
    A receita bruta total cresceu 0,5% no 4T14 e totalizou R$ 612 MM. As vendas totais da rede Hering Store avançaram 1,6% no 4T14, favorecidas pela adição de 48
    lojas em 2014.
    SSS atingiu queda de -3,8%. Ainda reflexo, segundo a companhia, da queda de atendimentos ao longo do trimestre

    Curtido por 1 pessoa

  14. Hering abrirá lojas da marca Dzarm.

    Após enfrentar um ano difícil, com queda no lucro nos nove primeiros meses de 2014, a Cia. Hering reformula a marca Dzarm e planeja abrir lojas próprias com a
    bandeira. Neste ano, a marca passa a atender exclusivamente ao público feminino. No alvo estão jovens com idades entre 18 e 34 anos das classes A e B. A Hering
    também ampliou em 40% o total de itens disponíveis da Dzarm, incluindo a parte de acessórios. Edson Amaro, diretor das marcas Dzarm, PUC e Hering Kids, disse
    que a companhia desenvolveu o projeto de reformulação da marca durante um ano e meio. O trabalho envolveu 200 profissionais da Hering. Pesquisas realizadas
    com consumidores revelaram que a marca Dzarm era melhor aceita pelas mulheres do que pelo público masculino, motivo que levou a empresa a ajustar o foco.
    No ano passado, a Hering também transformou a marca “Hering For You” em uma linha voltada apenas para o público feminino. Nesse caso, o foco é a oferta de
    itens de moda casual, moda praia e roupas íntimas. Ainda em 2014, a companhia reformulou a linha de produtos básicos da marca Hering, para tentar retomar o
    crescimento das vendas. As linhas infantis, por enquanto, não sofreram modificação. As novas coleções da Dzarm, segundo o executivo, terão produtos mais
    sofisticados ­ incluindo itens de alfaiataria ­ e apropriados para diferentes ocasiões. De acordo com Amaro, a primeira coleção com o novo posicionamento é a de
    outono­inverno, que já começou a ser vendida para as 3,5 mil lojas multimarcas que comercializam a Dzarm. “Fizemos um trabalho intenso de lançamento da
    coleção. Não posso dar projeção de vendas para o primeiro trimestre, mas a receptividade dos lojistas tem sido interessante”, afirmou o executivo.

    Curtir

Não postar Links, nem referências à sites Externos, Emails, Telefones.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s